quarta, 19 de fevereiro de 2020 ISSN 1519-7670 - Ano 20 - nº 1075

Governo revoga concessão de 34 emissoras de rádio

O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) difundiu o seguinte comunicado em reação ao anúncio do ministro do Poder Popular para Obras Públicas e Moradia, Diosdato Cabello, sobre a decisão do órgão regulador de revogar as concessões de 34 emissoras privadas de rádio:

‘O governo está utilizando a regulamentação das freqüências do espaço radioelétrico como um pretexto para silenciar as vozes críticas e independentes’, ressaltou Carlos Lauría, coordenador sênior do Programa das Américas do CPJ. ‘Nenhuma destas rádios foi notificada com antecedência nem foi oferecida a oportunidade para que pudessem se defender deste tratamento tão arbitrário. Isto é parte de uma investida ampla contra os meios de comunicação privados que estão colocando em risco a democracia venezuelana.’

******

O CPJ é uma organização independente, sem fins lucrativos, sediada em Nova York, que se dedica a defender a liberdade de imprensa em todo o mundo