segunda, 17 de fevereiro de 2020 ISSN 1519-7670 - Ano 20 - nº 1074

Instituto financia tradução de livros iranianos

A American Association of Publishers pagará US$ 10 mil a qualquer editora americana que publicar em inglês os livros dos autores iranianos Moniru Ravanipur, Mahmoud Dawlatabadi e Houshang Golshiri, informa a AP [20/12/04]. O dinheiro vem do Open Society Institute, fundação do magnata George Soros. A idéia veio depois que alguns autores iranianos, em visita aos EUA, reclamaram da falta de tradução. Há poucas semanas, o governo americano anunciou que as editoras podem publicar obras de países embargados, como Irã, Sudão e Cuba, sem serem penalizadas pelas leis que restringem negócios com esses lugares.



Site fecha por pressão da indústria de cinema

Os criadores do SuprNova.org, um dos mais populares para download de filmes na internet, tiraram o site do ar por pressão da indústria cinematográfica, noticia a agência Reuters [21/12/04]. A página publicava links do BitTorrent, programa de intercâmbio de arquivos digitais, muitos dos quais ilegais. A Motion Picture Association of America, entidade representante dos estúdios americanos, lançou nova ofensiva no começo do mês contra sítios que possibilitam pirataria. ‘Não sabemos se o Suprnova voltará, mas certamente não hospedará mais links de BitTorrent’, diz comunicado no site, sediado na Eslovênia. O tamanho dos arquivos de filmes sempre foi empecilho para sua ampla pirataria na internet. No entanto, com a popularização da banda larga, a indústria cinematográfica teme sofrer o mesmo prejuízo que a fonográfica alega registrar por causa do MP3.