terça, 18 de fevereiro de 2020 ISSN 1519-7670 - Ano 20 - nº 1074

Obama devora revistas e é ‘internauta comum’

Ao contrário de seu colega brasileiro, que diz não ler jornais por sofrer de azia, o presidente americano Barack Obama é um devorador de revistas. Segundo o alto conselheiro da Casa Branca David Axelrod, em matéria no Washington Post que lista as influências do líder dos EUA, entre os títulos preferidos estão a New Yorker, a Economist, a Sports Illustrated e a Rolling Stone. ‘Ele se interessa pelos pontos de vista de alguns colunistas’, diz Axelrod, que foi o estrategista-chefe da campanha democrata. Quando tem tempo, lembra ele, o presidente também gosta de ‘surfar na internet’.

Obama é o primeiro presidente a ter acesso à internet em sua mesa e a se comunicar regularmente via e-mail. Um de seus assessores afirma que ele usa a rede ‘como um adulto normal, lendo notícias, checando os resultados dos jogos’. Outro assessor diz que o presidente visita blogs e procura artigos com opiniões sobre suas políticas. Membros da Casa Branca que trabalham próximo a Obama ressaltam que ele continua fiel ao smartphone BlackBerry – visto constantemente em suas mãos durante a campanha presidencial.

Na TV, o presidente assiste a canais a cabo e confere os informes diários de seu porta-voz no C-Span, diz a ex-diretora de comunicações da Casa Branca Anita Dunn. Mas ele gosta mesmo é do canal esportivo ESPN, conta, rindo, a advogada Valerie Jarrett, amiga e uma das assessoras mais próximas de Obama. Informações de Anne Kornblut e Michael Fletcher [Washington Post, 25/1/10].