OI na TV

REDES SOCIAIS

O poder do front digital

Alberto Dines | Programa nº 737 | 12/08/2014 | 1 comentários

Bem-vindos ao Observatório da Imprensa.

Estamos a uma semana do início do horário eleitoral gratuito. A principal passarela onde desfilam os candidatos tem funcionado como um autêntico mercado onde se trocam alguns segundos de exposição na mídia eletrônica por vantagens na distribuição de cargos e verbas. É neste mercado que se constroem projetos políticos e coligações partidárias.

Mas é possível que o horário eleitoral gratuito venha a ser substituído por palanques com visibilidade e dimensões ainda maiores: as redes sociais no Brasil têm um poder de penetração que só perde para a Índia e os Estados Unidos.

Nas ondas do facebook navegam 87 milhões de brasileiros, pelo menos uma vez por mês. E destes, 63 milhões acessam o facebook através do celular onde imperam mensagens curtas, impactantes e nem sempre legítimas.

Na selva da internet joga-se pesado. No ciberespaço constroem-se ou destroem-se imagens e reputações em questão de segundos. Virais são incontroláveis e mais letais do que os vírus propriamente ditos.

A nova legislação, em vigor desde o ano passado, tenta acelerar o mecanismo que viabiliza o direito de resposta de candidatos que se sintam prejudicados por informações postadas na rede. A lei procura expandir o direito de remoção de matérias consideradas ofensivas. Mas o que é ofensivo para um juiz pode não ser para outro. O complicador não é apenas subjetivo, também é concreto: o volume das reclamações pode esbarrar na limitação de recursos da Justiça Eleitoral.

As novas tecnologias produzem sempre avanços notáveis mas, nestas eleições, ficaremos sabendo se estes avanços não serão esmagados por retrocessos.

ATENÇÃO: Será necessário validar a publicação do seu comentário clicando no link enviado em seguida ao endereço de e-mail que você informou. Só as mensagens autorizadas serão publicadas. Este procedimento será feito apenas uma vez para cada endereço de e-mail utilizado.

Nome   Sobrenome
 
     
E-mail   Profissão
 
     
Cidade   Estado
 
     
Comentário    

1400
   
Preencha o campo abaixo com os caracteres da imagem para confirmar seu comentário, depois clique em enviar.
Recarregar imagem
   
   



Este é um espaço de diálogo e troca de conhecimentos que estimula a diversidade e a pluralidade de ideias e de pontos de vista. Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime. Os comentários devem ser pertinentes ao tema da matéria e aos debates que naturalmente surgirem. Mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas - e os comentaristas que habitualmente as transgredirem poderão ter interrompido seu acesso a este fórum.

 

 almir castor cerqueira castor cerqueira
 Enviado em: 19/08/2014 07:59:47
Quero ouvir até o final da propaganda eleitoral qual candidato vai deixar de falar em Educação.Saude.Segurança.Locomoção.Salarios dignos aos trabalhadores.Se fugir desses temas não vai ganhar meu voto.Muito dinheiro aplicado em propaganda muita confusão para depararmos com CPIs.