Tuesday, 16 de August de 2022 ISSN 1519-7670 - Ano 22 - nº 1200

Gabinete de senador paga por notícia positiva

Cotado para o Ministério da Integração, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) usou verba de gabinete para pagar site com notícias favoráveis a ele.

De janeiro a julho, ele pagou R$ 14 mil ao site “PB Agora” em parcelas mensais de R$ 2 mil. O total foi reembolsado pelo Senado como despesa destinada à “divulgação da atividade parlamentar”.

No período, o PB Agora publicou dezenas de reportagens sobre o senador. O sistema de busca do site oferece 30 notícias com o nome do senador no título só em setembro.

Entre elas, “Vital comemora aprovação de minirreforma eleitoral”, dia 11; “Cotado para ser ministro, Vitalzinho comemora 50 anos de vida”, dia 21; e “Lideranças nacionais destacam Vital”, dia 22.

As notícias descrevem a atuação do senador em tom elogioso. Um dos trechos afirma que ele “tem conseguido muito destaque na política e prestígio no Congresso e com seu partido, o PMDB”.

Outro texto diz que “o líder da bancada federal paraibana, o deputado federal Manoel Junior, ressaltou a trajetória brilhante do parlamentar campinense [de Campina Grande (PB)]”.

Desde o anúncio da saída do PSB do governo, a vaga do ministro Fernando Bezerra (Integração) é cobiçada pelas bancadas do PT e do PMDB.

Vital do Rêgo é o indicado do PMDB. O partido aguarda manifestação da presidente, que ainda não anunciou se o cargo ficará com a sigla.

Outro lado

O diretor do site PB Agora, Fábio Targino, disse que a empresa presta serviços de “divulgação da atividade parlamentar” e que não há irregularidade na atividade.

O uso da verba de gabinete para pagar por textos elogiosos na imprensa, prática comum entre parlamentares, não é vetado pelo Congresso.

Segundo Targino, parte das notícias sobre o senador é produzida pela própria equipe do site. Outras são enviadas pela assessoria do congressista.

Vital do Rêgo não respondeu às questões encaminhadas a seus assessores até o fechamento desta edição.

******

Patrícia Britto, da Folha de S.Paulo