Tuesday, 09 de August de 2022 ISSN 1519-7670 - Ano 22 - nº 1199

Jornalistas da Al-Jazeera detidos por uso ilegal de drone

Três jornalistas da rede de TV Al-Jazeera foram detidos em Paris na quarta-feira [25/2] sob suspeita de pilotar ilegalmente um drone, e liberados pela polícia francesa no dia seguinte. Um dos profissionais, que estaria pilotando o drone no momento da prisão, terá que comparecer a um tribunal na próxima semana. É esperado que ele se declare culpado de ter pilotado o veículo aéreo não tripulado sem a licença necessária.

O drone, que foi fornecido pela sucursal de Londres da Al-Jazeera, foi confiscado pela polícia. De acordo com um pronunciamento feito pela rede de TV do Catar, os jornalistas estavam realizando filmagens para uma reportagem sobre os misteriosos voos de drones que têm ocorrido na capital francesa.

Voos misteriosos

“Nossa equipe em Paris estava tentando ilustrar uma reportagem sobre drones domésticos que estão amplamente disponíveis, enquanto tentava cobrir os recentes voos misteriosos de drones em Paris e as preocupações de segurança na França”, declarou a Al-Jazeera.

Nesta semana, pelo menos em duas noites, drones misteriosos foram avistados sobrevoando monumentos como a Torre Eiffel e a embaixada americana. Pilotar um drone em Paris é proibido por lei. As autoridades francesas ainda não identificaram os responsáveis pelos voos. Desde o atentado, em janeiro, ao semanário Charlie Hebdo, a França elevou seu alerta de segurança e reforçou a proteção policial na capital do país.