Tuesday, 28 de May de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1289

Artigos de Erick da Silva Cerqueira

De ídolos a ridículos

O programa Ídolos, do SBT, desperta o lado sádico escondido em cada um de nós. Ver os três ilustres jurados arrasando a auto-estima de milhares de medíocres aspirantes a artistas consegue arrancar de cada espectador o sorriso mais cruel que se poderia dar ante a desgraça do outro. É como uma vídeo-cassetada sem quedas. Os […]


O quarto poder e a politicagem

Não há como falar em política na Bahia sem citar o nome de Antônio Carlos Magalhães. Depois de ser prefeito de Salvador e governador da Bahia apoiado pela ditadura militar, tornou-se ministro das Comunicações do governo José Sarney, a partir de 1985. Dois anos depois, com o apoio de Roberto Marinho devido às concessões feitas […]


Quando a morte vende mais que cerveja…

A imprensa está há semanas falando sobre o mesmo tema. Michael Jackson. Não que queira ser mais um dos chatos a dizer que estamos dando muita atenção a este excêntrico ex-milionário falido e falecido, mas algumas outras coisas mereceriam ser comentadas também.Honestamente, acredito que uma das informações mais importantes dos últimos anos não teve grande […]


Quando Maísa chorou…

Tive a felicidade de ter grandes professores na faculdade. Um deles, Eduardo Rocha, teve o grande mérito de me apresentar a uma das personalidades que mais mudaria a minha formação: Friedrich Wilhelm Nietzsche. Em um dos seus livros, Muito além do bem e do mal, esse louco e genial alemão questionava: quem define o que […]


Os ‘embrulhos’de sábado à tarde

‘Final de jogo aqui em Montevidéu. Brasil 4, Uruguai 0.’ Assim se encerrava, de forma tradicional, a transmissão de Galvão Bueno para a Rede Globo de Televisão. Ai começou a minha angústia. Como viver à frente da TV aberta em um final de sábado à tarde? Tive de pensar rápido. A qualquer momento começaria a […]


A quem interessa?

A fraca memória do povo brasileiro é algo interessante. Em setembro de 2006, uma bomba estourava nas redações por todo o país. O assessor especial da Presidência, Freud Godoy, saía do anonimato do cargo de segundo escalão para o estrelato dos escândalos políticos. Seu crime era ser o mandante da criação de um dossiê onde […]


Ética e indignação

A palavra ‘ética’ vem do grego ethos e tem seu correlato no latim morale, com o mesmo significado: conduta. Podemos concluir que etimologicamente ética e moral são palavras sinônimas. Porém, apesar de sinônimas, são completamente desconhecidas em um longínquo local chamado Brasília. Obviamente, não me refiro ao povo de Brasília, e sim, aos ilustres moradores […]


A grande usina de absurdos

Pense num absurdo, na Bahia tem precedente. Essa frase do ex-governador Octávio Mangabeira é tão real e triste que ainda assusta alguns baianos que não perderam o poder da indignação. Os absurdos na ‘boa-terra’ são tão comuns quanto o acarajé da esquina. Em geral, são produzidos pela política e a imprensa.Os meios de comunicação baianos […]


O Brasil não é a capital de São Paulo

Para a imprensa nacional, o Brasil se resume à cidade de São Paulo. O repórter engraçadinho Alexandre Garcia, da TV Globo, disse em seu pronunciamento pós-apuração que apesar dos outros partidos poderem festejar o grande número de prefeituras, o DEM pode dizer: ‘Nós temos São Paulo.’Esse bairrismo tolo dos meios de comunicação me incomoda. Assim […]


Direitos desumanos e a imprensa urubu

O dia 17 de outubro de 2008 vai entrar para a história. Talvez vire uma marca, como o 11 de setembro, e passe a simbolizar algo mais que um número no calendário. A data foi marcada por uma total prova de despreparo de algumas instituições e principalmente, de desrespeito para com a vida do outro.Assim […]


Muita trapalhada e pouco a informar

Um show de trapalhadas da imprensa brasileira entrou em cena desde a midiática ‘Operação Navalha’, da Polícia Federal. Cada veículo noticia o acontecimento com suas verdades e todas acabam se atrapalhando pelo desconhecimento do assunto em questão.O absurdo maior apareceu no mais assistido jornal televisivo do país – Jornal Nacional (sábado, 19/5). O repórter afirmou […]


Nasce o Sol ao Dois de Outubro na Bahia

A Bahia consegue pela segunda vez a sua independência. Agora, além do Dois de Julho, a data da Independência Política é 1º de outubro. A terceira derrota do PFL baiano, agora para o governo do estado, foi a mais intensa de todas. Depois da vitória de João Henrique (PDT) na Prefeitura de Salvador, a imagem […]