Wednesday, 25 de May de 2022 ISSN 1519-7670 - Ano 22 - nº 1188

Memória

Agora é que são elas

Marília Mendonça deu uma reviravolta no machismo sertanejo e no preconceito contra mulheres A rainha da sofrência femineja não era conhecida por uma parte da população que torce o nariz para o gênero. Mas a queda do Beech Aircraft de pequeno porte perto de Caratinga provou que Marilia Mendonça pode ser entronizada entre as maiores […]

Viagem retrô no Estadão

A viagem de trem entre Rio e São Paulo ficou na melhor das minhas memórias, reativada por todos os políticos que prometeram em vão revivê-la pós-vintage, na velocidade do trem-bala. Junto com ela, a calma de ler os jornais no trajeto, o que vale para o metrô e até para as residências, cada vez menores. […]

Nilson Lage: uma vida corrigindo o rumo do ensino de jornalismo

Embora fosse uma referência, já nos anos 1980, para todos os cursos de jornalismo do Brasil, a partir de seus livros, Nilson Lage não teve uma vida fácil na academia. Nilson havia se tornado professor em 1970, na Universidade Federal Fluminense, e a partir de 1977 também na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Embora […]

Ao mestre Nilson Lage, com amor e gratidão

O senhor saiba: eu toda a minha vida pensei por mim, forro sou nascido diferente. Eu sou é eu mesmo. Divêrjo de todo o mundo… Eu quase que nada sei. Mas desconfio de muita coisa. (João Guimarães Rosa, em Grande Sertão: Veredas)   Em setembro de 2018, a jornalista Lara Lima e eu o acompanhamos […]

O extraordinário jornalista baiano Anatólio Valladares

Encontrei o jornalista baiano Anatólio Valladares (1880-1924) no discurso “A Associação Bahiana de Imprensa e o Monumento a Ruy”, proferido em 08 de novembro de 1944 pelo então presidente dessa instituição, jornalista Ranulpho Oliveira (1930-1970). Fui então procurá-lo no veículo referido por Oliveira, a revista Bahia Ilustrada, criada por Valladares em dezembro de 1917. Por […]

Sobre hinos e esperança no porvir

Nos meus tempos de escola, tínhamos que aprender os hinos do país. E eram muitos. Embora preferisse os “não oficiais” pela leveza e clareza — “Cidade Maravilhosa” e “Aquarela do Brasil”, entre outros —, gostava da “Canção do Expedicionário” pela levada acelerada, que começa “cornetada” e assumia um desenho melodioso, bom de ouvir e cantar: […]

Alfredo Sirkis: uma vida em defesa da vida

A imagem cristalizou desde que soube do seu carro estraçalhado num poste: Alfredo Sirkis de pé sobre a mesa da redação da Veja na sucursal do Rio fazendo um comício acalorado para os colegas. Ele contestava as regras de funcionamento da revista e resolveu reagir no momento em que deixava o emprego. Eram os anos […]

José Itamar de Freitas: criador de linguagem na TV brasileira

O acaso às vezes nos deixa na condição de testemunhas e, sem que tenhamos escolhido isto, carregamos o peso de estabelecer os fatos, como uma intimação da História. Digo isto porque preciso falar de José Itamar de Freitas, jornalista, ex-diretor do Fantástico, e também um de seus criadores. Este é o ponto. Mais que jornalista, […]

Nirlando Beirão:  Jornalismo com princípios

“Nirlando é um espelho do que todos nós gostaríamos de ser. E isso tem a ver com um jornalismo sonhado. Aquele que transforma.” “Nirlando foi a quebra de paradigma que um jornalista, para ser brilhante, tem que ter um gênio difícil, ser prepotente, ou dono da verdade. Nirlando foi genialmente o oposto de tudo isso. […]

Nirlando Beirão: jornalismo na veia

Reproduzimos, abaixo, parte do texto escrito pela jornalista Norma Couri para o Observatório da Imprensa, em 2 de julho de 2019, que propunha “três saídas para o jornalismo”. Uma delas fala sobre o livro Meus começos e meu fim, de Nirlando Beirão, então recém-publicado. Nirlando faleceu em São Paulo, em 30 de abril de 2020. […]

Tetê Catalão foi juntar-se a João Cabral

Há profissionais da palavra que trabalham o sulco das linhas com o calo da imaginação. Era o caso de nosso saudoso jornalista e escritor Tetê Catalão, ou TT (como ele mesmo escrevia), que partiu para prados menos espinhosos, aos 71 anos, na madrugada de 2 de janeiro passado. A soma de uma hepatite com insuficiência […]

A despedida de Tom Jobim e o antigo jornalismo boêmio

Acabei de passar por acaso pelo vistoso prédio da Avenida Brasil, 500, hoje nobremente ocupado por um hospital federal de referência. E, de repente, deu um frio na espinha. Não sei vocês, mas eu sei com absoluta certeza onde estava e o que fazia há exatamente 25 anos: no dia 8 de dezembro de 1994 […]

Morre Javier Dario Restrepo

Publicado originalmente no site objETHOS Aos 87 anos e depois de uma vida inteira dedicada ao jornalismo, morreu em Bogotá (Colômbia) o jornalista Javier Dario Restrepo. Ele era considerado um dos principais nomes dos debates sobre ética jornalística na América Latina e, desde 1995, atuava na Fundación Gabo, dando cursos sobre o tema, escrevendo livros […]

Há vida, Fernanda Young

Eu não sou amigo de Fernanda Young, nem a conheci pessoalmente. Sequer sou um leitor, como pode se designar aquele que se beneficia de sua arte. Mesmo assim, sinto profundamente sua morte, lamento a perda do mundo que ela encarnava e me parece incontornável a sensação de fragilidade a partir de seu desaparecimento. Sua morte […]