Friday, 12 de April de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1283

Painel da imprensa

Fato corriqueiro: jornais se abastecem em fontes interessadas numa situação e acabam embarcando na sua onda, passando ao leitor as notícias que lhes convém.

Fato raro: um jornal expôr esse procedimento.

É o que faz o “Painel” da Folha desta sexta-feira, 28, numa nota sobre a decisão do STF que absolveu o ex-ministro Antonio Palocci:

“Pergunta. Por que um placar tão apertado (5 a 4), quando tantos previam que o julgamento de ontem seria um passeio para Palocci?

Resposta. No entender de um PhD em Supremo, o noticiário que precedeu a sessão de ontem se alimentou muito mais dos advogados de defesa e do Palácio do Planalto do que dos ministros do tribunal, que desta vez pouco deixaram vazar de suas inclinações.”