Sunday, 19 de May de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1288

Pior do que Lula está o PT

O presidente Lula é uma embarcação avariada, que depende de um rebocador – que pode ser o que ainda resta do seu carisma ou o medo da direita de que o malanismo econômico vá para o brejo – para chegar ao porto de 2006. Na pior da pior das hipóteses ele lançará os companheiros ao mar. Não para se reeleger. Mas para salvar a face. Ele não disse “posso perder votos, mas não a vergonha”?

Pior, me parece, é a situação do PT. A esquerda do partido declarou guerra ao centrão que se divide entre os gorbachevianos encarnados no novo presidente Tarso Genro e a velha guarda fiel ao ex-generalíssimo José Dirceu, ou comprometida com ele.

O depoimento de Duda Mendonça, não deixando pedra sobre pedra no marketing da ética petista, desencadeou uma verdadeira conflagração no partido. As lágrimas derramadas hoje pela dissidência no Congresso serão o ácido que corroerá as fundações do partido amanhã.

Não há solução boa para o racha. A esquerda não tem cacife para prevalecer, mas tem bala na agulha para infernizar a vida dos eticamente moderados. E estes estão sem discurso nem capital político. É mais fácil o PT ser afundado do que refundado.

Os chamados radicais torcem para que o esgoto suba não a rampa do Planalto mas o elevador que conduz ao gabinete do ministro Antonio Palocci na Esplanada. Contam para isso com o que vier à tona do ribeirãopretano Burati. De um jeito ou de outro, coisa boa daí não vai sair.