Saturday, 13 de April de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1283

Cinegrafistas viram repórteres

A Rede Record de TV demitiu, de uma só vez, no dia 11 de fevereiro último, 55 auxiliares de cinegrafistas de seu departamento de jornalismo. O Sindicato dos Radialistas do Estado de São Paulo entrou com ação na Justiça contra a demissão em massa e denunciou a prática de desvio de funções, já que cinegrafistas da empresa foram transformados em repórteres, “abrindo brecha para dispensa de seus auxiliares”, conforme o diretor da entidade Sergio Ipoldo.

É mais um caso de fraude aberta com a queda da exigência do diploma para exercício da profissão de jornalista decretada pelo juiz Gilmar Mendes, do STF. A volta da exigência, ainda que atenuada, continua parada na Câmara Federal depois do seu presidente, Eduardo Cunha, chegar a acenar com sua votação apenas para pressionar os grandes meios de comunicação.

***

Zulcy Borges é jornalistaessor da Universidade Estadual de MG