Monday, 22 de April de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1284

Edição: 11

Nem todos somos anfíbios

Há poucos dias, um amigo lembrava, em artigo aqui no O Povo, que os sapos, como bons anfíbios que são, quando colocados naturalmente em uma vasilha com água, em temperatura ambiente mas em processo de aquecimento, são incapazes de se dar conta de que estão sendo cozidos até a morte. É que seria de sua […]

Mais imprensa para melhorar a imprensa

Foi num diário – e não por casualidade aquele mais apegado aos padrões de qualidade – que se expôs a solução para a maioria dos males que corrompem o nosso Quarto Poder. Na Gazeta Mercantil de 29/12, o deputado federal Aloysio Nunes Ferreira Filho (PMDB-SP, presidente da Comissão de Constituição e Justiça) põe o dedo na ferida numa peça […]

Planeta Alarmismo

Delirante, malfazeja, a manchete da Folha de S. Paulo de 26.11.96 (encontrável em páginas de O Globo e de outros jornais da mesma data): "Desemprego afeta 1 bilhão no mundo". Agravada na capa do caderno Dinheiro: "Planeta tem 1 bilhão sem emprego", repetindo-se, sem a prudência do "afeta", algo que é desmentido no primeiro parágrafo da reportagem: "Um bilhão […]

A patrulha étnica

O novo presidente do Sebrae, Pio Guerra, começou sutil como um elefante: no seu primeiro pronunciamento depois de eleito classificou a senadora Benedita da Silva (PT-RJ) como feia ou, mais exatamente, o oposto de Madonna e Marilyn Monroe. Indesculpável e imperdoável. Trata-se de grosseria, destempero, incivilidade, atentado à compostura indispensável a um homem público. Mas […]

De mal com os números

O Estado de S.Paulo publicou na capa de seu caderno Cidades, em 25/11/96, a manchete "Trem-bala deve revolucionar ligação SP-Rio", em que não se sabe qual é propriamente a função do verbo dever. Talvez o "deve" seja um tributo à dúvida quanto à realização da magnífica – e cara – obra. Que, se for feita, vai evidentemente […]

Rio-2004 e guerra fiscal

Todos se consideram federais: os cinco mais influentes diários são nacionais, assim também os programas televisivos de informação e, agora com a CBN, o nosso rádio assume a nova dimensão. No entanto, a escala ainda não foi assimilada na prática diária pelos operadores.  A visita ao Rio de Janeiro do grupo avançado do COI para […]

Calcinhas, etiqueta e ética

Em fins de 1995, Hilary Clinton, a esposa do presidente Bill Clinton, que dirige o mais rico país do mundo, visitou o Brasil. A fotografia de Hilary que mais foi publicada quase não mostra seu rosto. A atração principal era sua calcinha. Como se não bastasse quase todos os jornais de grande circulação terem publicado […]

De mal com a gramática

Estadão, manchete principal, 26/11/96:  "Alunos deixam o 2º grau sem saber Português".  Chamada:  "Pesquisa divulgada ontem pelo Ministério da Educação com alunos da 3a série do 2º grau mostra que apenas 1% dos que tentarão uma carreira profissional têm [sic] domínio da Língua Portuguesa. (….) Os testes aplicados no ano passado em 90.499 alunos de […]

De mal com a lógica

I  Estadão, 24/11/96 (domingo). Título principal da primeira: "Paulistano apóia venda da Vale". Título da capa do caderno Economia: "Paulistano desconhece a Vale, mas apóia venda".  Deve ser um novo estilo de paradoxismo. Mas digamos que os paulistanos conhecessem perfeitamente a Vale e, em grande maioria, apoiassem sua venda. Continua fazendo falta a boa e […]

Marcelo Leite

Seleção de trechos das mais recentes colunas publicadas pelo ombudsman daFolha de S. Paulo.  10/11/96  "(….) O acidente com o Fokker da TAM matou 98 pessoas [o 99o, Dirceu Geraldo, morreu em 28/11], enlutou a cidade e pôs à mostra toda a fragilidade da imprensa diante de uma notícia dessa magnitude. (….) Quanto menor e mais insignificante […]

Antonio Callado

"Eu, por exemplo, cansei de fazer reportagem sobre reforma agrária sem ver a implantação de plano nenhum. Acompanhei em pessoa o esforço da Ligas Camponesas de Pernambuco e acompanhei no Congresso a apresentação de sucessivos projetos de salvação nacional mediante uma revolução fundiária."  "Vejo, no 'Rei do Gado', a violência que cerca os sem-terra no […]

Livros

§ João Saldanha, de João Máximo (Rio de Janeiro, Relume Dumará/Prefeitura, 1996). Além da competência a que se acostumaram os leitores de João Máximo, este breve perfil de um craque da comunicação, veterano da Última Hora e da Rádio Nacional, sublime cascateiro, expõe mecanismos que enlaçam meios de comunicação e instâncias do poder, desde clubes de futebol até […]

Nem todos somos anfíbios

Há poucos dias, um amigo lembrava, em artigo aqui no O Povo, que os sapos, como bons anfíbios que são, quando colocados naturalmente em uma vasilha com água, em temperatura ambiente mas em processo de aquecimento, são incapazes de se dar conta de que estão sendo cozidos até a morte. É que seria de sua […]

O Quarto Poder no Divã

Qual é a natureza do nosso negócio?  Por que viemos a ele?  O que espera de nós o público?  Qualquer empresário, executivo, artesão ou profissional relativamente ilustrado, em algum momento de sua trajetória, sabe que deve responder a estas questões, ditas ontológicas, cruciais. Quanto mais vezes interromper a corrida para formular o questionário existencial, mais […]

A perigosa arte de dramatizar o indramatizável

Em alguns jornais é norma escrita, em outros faz parte da cultura oral. A dramatização de qualquer notícia virou marca do neo-jornalismo brasileiro. Ramos Hora vence o Nobel (Nobel não é disputa), FHC derruba lei (Presidente não luta jiu-jitsu), Clinton esmaga o adversário (perdeu no Congresso), Ciro Gomes enfrenta o Planalto (e se ele estiver […]

Antonio Callado

"Eu, por exemplo, cansei de fazer reportagem sobre reforma agrária sem ver a implantação de plano nenhum. Acompanhei em pessoa o esforço da Ligas Camponesas de Pernambuco e acompanhei no Congresso a apresentação de sucessivos projetos de salvação nacional mediante uma revolução fundiária."  "Vejo, no 'Rei do Gado', a violência que cerca os sem-terra no […]