Friday, 01 de March de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1277

Edição: 19

A rebeldia da velha guarda

Por mais que as altas tecnologias de comunicação venham alterando em profundidade o modo de produção e de difusão de informações, elas não constituem o único fator a delinear o perfil do jornalismo brasileiro na virada do milênio. Estamos assistindo a outro fenômeno significativo: em plena era das redes planetárias, a velha guarda representa, entre […]

Agora todos vimos a PM matar

As cenas terríveis que um cinegrafista amador registrou em Diadema, passou à PM e foram exibidas pela TV Globo, em reportagem de Marcelo Rezende, são absolutamente corriqueiras no Brasil, sobretudo em periferias de grandes cidades. E todos nós sabemos disso. Em 14/8/96, a Folha de S. Paulo publicou um mapa da criminalidade paulistana. Diz tudo. Onde há […]

Reportagem com função social

Trabalhei com Marcelo Rezende durante muito tempo na velha revista Placar, nos anos 80. Desde sempre ele se caracterizou por ter uma visão diferente do que era o chamado jornalismo esportivo. Na verdade, sempre teve uma visão diferente do que é fazer bom jornalismo. Jamais se conformou com o dia-a-dia de uma redação, buscando sistematicamente quebrar […]

Meias Verdades e Meias Mentiras

O necrológio de um homem honrado e trabalhador deve ser silencioso e respeitoso como um túmulo. Antônio Evaristo de Moraes Filho, que morreu na última sexta-feira, dia 28 de março, era um homem honrado e trabalhador. No dia seguinte, ele foi atingido pelo tacape minimalista de uma nota (apressada? desinformada? injusta?) impressa na primeira página […]

Réquiem Para Requião

A CPI foi criada a 26 de novembro de 96. Até 6 de março de 97, portanto durante 14 semanas, o relator Requião, no grito e na marra, pintou e bordou, fez o que queria com os poderes especiais de que dispõe. Ante a passividade de uma imprensa anestesiada pela modorra de verão. Em apenas […]

Placar da CPI

A Folha continua a passar à sua legião de admiradores a impressão de esbaforida. Reagiu caprichosamente ao caso dos precatórios porque foi levantado pelo rival, em represália ressuscitou o velho refrão anti-Collor e durante semanas, vestida de Sherlock, insistiu na tecla de que PC era da Cosa Nostra. Na ausência do seu colunista-conselheiro-repórter-ombudsman-mor, Clovis Rossi, […]

Paulo Francis, 60 dias depois

Enchia duas páginas de jornal por semana, entrevistava e comentava na TV Globo e ainda fazia o show-semanal no Manhattan Connection da Globo News. Deixou um romance em inglês, inacabado, peças de teatro rabiscadas e um espaço reservado na cultura brasileira que não teve tempo de ocupar.  Obra falada em restaurantes e bares não enche estante. Obra […]

Ano um

Não existem no mundo muitos boletins regulares de acompanhamento da mídia pela Internet. Os poucos são reproduçõeson-line de veículos impressos. Na verdade, somos um dos únicos neste formato e com esta periodicidade. A adesão, participação e, sobretudo, a reprodução dos nossos boletins nas redações e na mídia indicam que o nosso compromisso original foi aceito pela […]

Teixeira Coelho

"Não será coincidência se assistimos, neste momento, aos trabalhos de outra CPI, a brasileira (1), cujos investigadores-acusadores e depoentes-acusados esforçam-se arduamente por 'não dizer', usando as palavras do 'dizer', por 'não se fazer entender', usando as palavras do 'fazer-se entender'… E não são apenas eles que se entregam a essa prática, visivelmente gozosa (e histriônica), […]

A imprensa em Brasília

Vivi em Brasília por 13 anos. Parte do que Alberto Dines diz nesta edição do O.I. (ver Cinco lições de patologia) é, de fato, verdade. Boa parte, entretanto, infundada. Houve um enorme esforço para tornar a imprensa de Brasília mais agressiva e independente. Passamos por um traumático processo, ainda hoje com marcas, que consistiu em […]

A Comissão condena, a imprensa sentencia

O poder público oferece razões de sobra para se acreditar que, assim como esta Comissão Parlamentar de Inquérito que hoje investiga a emissão de títulos públicos no Senado não é a primeira a ser levada ao conhecimento da opinião pública, tampouco será a última CPI a merecer uma extensiva cobertura da imprensa.  Os jornalistas, porém, continuamos, […]

Jornalismo de rodapé

Este OBSERVATÓRIO foi procurado há três semanas por um cunhado do Sr. Fábio Nahoum, que oferecia revelações exclusivas do banqueiro sobre o escândalo dos precatórios. "O Fábio está sendo vítima de muitas injustiças e falsidades, não estão lhe dando possibilidades de defesa", argumentou.  Nossa resposta foi negativa: Não somos um jornal. Fazemos a crítica da imprensa. Não […]

Jornalismo de tiroteio

No processo histórico há sempre alguém perdido no meio de uma batalha cujo sentido não alcança. Há também os que têm percepção aguda e sabem apoiar-se nos fatos, quando não os criam. Entre os dois extremos, todas as gradações imagináveis.  O clima do denuncismo é politicamente malsão. Não as denúncias em si (só possíveis graças […]

Feriados e Custo Brasil

Antigamente, quando éramos felizes e não sabíamos, os jornais tinham um editorial pronto para aquelas situações armadas pelas efemérides e calendários: os feriadões, os fins de semana prolongados, as celebres "pontes".  Hoje, ao contrário, jornalista exulta com o encolhimento da já encolhida semana jornalística: como o leitor não nota, pode-se fechar hoje a matéria que […]

Ombudsman: promoções e patrulhamento

Foi em 1808, na antiga Escandinávia, que se gerou a instituição do ombudsman, representante do povo, ouvidor ou provedor. A Folha foi o primeiro jornal brasileiro a instituir a função, anos depois de ter acabado com outra, semelhante, a do media watcher, observador da imprensa. A Folha foi também o primeiro jornal do mundo a converter um ombudsman num promoter das suas […]

Cinco lições de patologia

Antes que funcionassem os filtros ideológicos, quando Fernando Collor de Mello apareceu como o caçador de marajás, a reação espontânea dos jornalistas foi de encantamento e submissão. Independente do sexo, deixaram-se eletrizar pelo charme e veemência que se irradiava daquele másculo missionário desconhecido. Só que Collor não era propriamente um desconhecido – já tinha um […]

Dines denuncia Requião

Reúnem-se aqui três artigos de Alberto Dines e um de Roberto Requião. As circunstâncias da polêmica entre o jornalista e o senador estão documentadas neste OBSERVATÓRIO (edições de 5/3/97, de 20/3/97 e esta, de 5/4/97).  Entretanto, é necessário acrescentar que Alberto Dines foi alvo de críticas torpes por parte do senador Requião durante a edição de 17/3/97 […]