Tuesday, 21 de May de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1288

Dois comunicadores assassinados

Em menos de uma semana, dois comunicadores assassinados.

Foi encontrado morto, no sábado (23/), o radialista Djalma Santos da Conceição, conhecido como Djalma Batata. Seu corpo estava à beira da BR-101, na área rural de Conceição da Feira (BA).

Djalma, de 54 anos, estava à frente do programa Acorda, Cidade!, da rádio comunitária RCA, e era conhecido por sua cobertura de crimes ocorridos na região. Irmãos do radialista disseram que ele sofria ameaças de morte constantemente – tendo uma delas ocorrida por meio de um telefonema um dia antes do assassinato.

Em torno das 23h30 de sexta-feira (22), Djalma foi sequestrado por três homens armados e encapuzados, que o fizeram entrar no porta-malas de um carro. Seu corpo foi encontrado na manhã seguinte, alvejado por ao menos 15 tiros e apresentando sinais de tortura.

O assassinato de Djalma é o segundo registrado contra comunicadores em menos de uma semana. No dia 18/5, o corpo do blogueiro e jornalista Evany José Metzker foi encontrado decapitado na cidade de Padre Paraíso, em Minas Gerais, onde apurava informações para uma reportagem sobre prostituição infantil.

Assim como no caso de Djalma, as circunstâncias indicam que o crime pode ter sido motivado pelo trabalho jornalístico de Evany.

A Artigo 19 condena enfaticamente ambos os assassinatos e cobra uma investigação rigorosa por parte das autoridades, inclusive para esclarecer se efetivamente sua morte está ligada ao exercício do jornalismo. O combate à impunidade é essencial para garantir que se crie um contexto mais seguro para o trabalho destes profissionais.

***

www.artigo19.org