Saturday, 18 de May de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1288

Le Monde assume controle total de seu site

O Le Monde chegou a um acordo, na semana passada, pela compra de 34% do Le Monde Interactif, seu braço digital, da editora Lagardère. O Monde torna-se, com o acordo, o único dono do Le Monde Interactif, responsável pelo site do jornal. A aquisição era uma prioridade dos três empresários franceses que compraram o jornal no ano passado, já que o controle compartilhado do site havia dificultado seus esforços para expandir os negócios digitais do Monde e integrar o jornal impresso com a plataforma online. Em nota conjunta anunciando o acordo, Le Monde e Lagardère não deram detalhes financeiros, mas disseram esperar que a transação esteja finalizada até o fim do ano.

De acordo com dados do instituto de pesquisa Nielsen, o site do Monde teve 6,2 milhões de visitantes únicos em outubro, mas – assim como acontece com outros sites de jornais – não consegue gerar receita suficiente para cobrir as perdas em receita publicitária e circulação do impresso.

Parceria

Há pouco tempo, o Monde fechou acordo para lançar uma edição francesa do site de notícias americano Huffington Post. O Le Monde Interactif não participa de um projeto de editoras francesas de criar uma espécie de quiosque digital para unir o conteúdo de grande parte dos maiores jornais do país em uma única plataforma.

A Lagardère também tinha uma parcela da companhia que administra o Le Monde, mas abriu mão dela no ano passado quando o jornal foi comprado pelo banqueiro Matthieu Pigasse; o empresário de telecomunicações Xavier Niel; e Pierre Bergé, co-fundador da Yves Saint Laurent. Originalmente, o Monde pertencia a uma empresa controlada pelos seus funcionários. Informações de Eric Pfanner [The New York Times, 4/11/11].