Sunday, 23 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1293

Polícia apreende jornal

O semanário Impacto Campo Grande, distribuído no Mato Grosso do Sul, foi alvo de de um ato de censura caricatural por parte das autoridades locais. Oitocentos e cinquenta exemplares do jornal foram confiscados pela polícia no dia 12 de setembro de 2010 devido a artigos considerados críticos para com André Puccinelli, governador do Estado e candidato à reeleição, cujos amigos estariam envolvidos em vários casos suspeitos.

Mário Pinto, jornalista e distribuidor do semanário, também foi interpelado pelas forças da ordem e detido durante cerca de sete horas na delegacia. A apreensão do jornal vem na sequência de uma liminar que proíbe publicar o nome do governador, caso contrário o jornal deverá pagar a este último 50 mil reais por cada exemplar que reproduza as informações incômodas.

O jornalista Mário Pinto explicou ao site Midiamax que o artigo em questão, publicado por Impacto Campo Grande, não fazia mais do que transcrever várias reportagens sobre André Puccinelli já publicadas na imprensa. Por outro lado, Mário Pinto afirmou que não deve ser coincidência que a censura ocorra a poucas semanas das eleições gerais, que terão lugar a 3 de outubro.

Partilhamos da preocupação do jornalista e condenamos sem reservas uma manobra de censura grosseira e totalmente contrária aos princípios da Constituição Federal de 1988, que consagra a liberdade de expressão.

O número censurado de Impacto Campo Grande deve voltar a ser publicado.

******

www.rsf.org