Tuesday, 09 de August de 2022 ISSN 1519-7670 - Ano 22 - nº 1199

O jornalismo negro nas mídias digitais: jornais, blogs e portais

(Foto: Freepik)

A imprensa negra no Brasil possui um extenso histórico na luta antirracista. Num primeiro momento, no surgimento da imprensa no Brasil, posicionou-se a favor de políticas abolicionistas, pautada na afirmação social da população negra e fomentando intensa crítica à segregação racial decorrente do racismo estrutural.

Ao longo do tempo, o papel da imprensa negra continuou combativo, mas sofreu algumas mudanças e recortes, investindo mais em fomentar o debate sobre preconceito, discriminação e desigualdade racial.

Hoje em dia, a imprensa negra constitui-se não só de veículos de documentação e transmissão de notícias, mas como um meio de fomentar a representatividade do negro dentro de espaços aos quais antes não possuía acesso.

Atualmente, podemos notar uma crescente onda de portais, jornais, sites e blogs com protagonismo negro e de diversas minorias. Pode-se dizer que a revolução tecnológica e o maior acesso à internet e suas funcionalidades são elementos fundamentais para a democratização de espaços e “abertura do palanque” para pessoas que antes não tinham espaço nem voz.

Confira alguns veículos digitais da imprensa negra: