Thursday, 30 de May de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1289

Quatro aplicativos que todo repórter deveria usar em 2013

Com os preços em queda dos smartphones tornando os aparelhos mais disponíveis em todo o mundo, é mais fácil do que nunca ter um kit de ferramentas de reportagem na ponta dos dedos. Também é fácil sentir como se estivesse se afogando num mar de aplicativos.

Para simplificar, aqui estão quatro aplicativos que atendem à maioria das necessidades de um jornalista móvel nos quesitos de vídeo, áudio e linguagem.

1. 1st Video – Video Editor

Corte, recorte e edite vídeos ou fotos com um melhores aplicativos testados para iPhone. Este editor de vídeo foi apresentado num guia de reportagem móvel (em PDF) compilado pela Universidade Berkeley. Ele liderou a lista de aplicativos de editor de vídeo, superando até o aplicativo iMovie da Apple.

O aplicativo possui duas faixas de vídeo mixáveis e duas faixas adicionais para áudio ou música de fundo, com outros recursos como gravação de voz e roteiro. Como a ferramenta oferece tantos recursos em profundidade, que leva um tempo para dominar. Para isso, confira estes tutoriais se precisar de ajuda. Disponível para iPad e iPhone, o aplicativo custa US$9,99.

2. SoundCloud

Os aplicativos para iPhone e Android não oferecem tantos usos para jornalistas como o aplicativo de desktop, mas se você quiser capturar um som da rua ou gravar sua entrevista de improviso, este aplicativo gratuito é ideal.

Você pode gravar, editar ou fazer upload de uma gravação de seu telefone para contas na rede social, ou esperar e fazer o upload mais tarde. O SoundCloud recentemente adicionou recursos de cortar e editar, tornando o app “faz tudo” para áudio.

3. Google Goggles

Um dos cinco aplicativos de realidade aumentada para jornalistas no exterior apresentados na IJNet em 2012, o aplicativo de busca visual é perfeito para jornalistas trabalhando com um idioma estrangeiro. Este aplicativo gratuito usa uma câmera de iPhone ou Android para traduzir textos e imagens, e ainda oferece informações sobre marcos ou obras de arte na região.

O aplicativo utiliza conexões pagas, mas já que permite que você salve o seu histórico de pesquisa, você pode tirar uma foto, realizar a pesquisa e mantê-la guardada para mais tarde, quando as tarifas não irão acumular.

E aqui está um aplicativo para ficar de olho em 2013:

4. YouTube Capture

Experimente o novo app de edição de vídeo do YouTube para iPhone e iPad. Você pode gravar e editar o vídeo via celular e enviá-lo diretamente para o YouTube. Já aclamado por suas características sem complicações, o aplicativo gratuito inclui estabilização de imagem, correção de cor básica, e ajuste e adição de música de fundo. Recursos completos de edição ainda não estão disponíveis, nem sua versão para Android, mas este aplicativo parece prestes a se tornar um dos favoritos em 2013.

Quais são os seus aplicativos de reportagem favoritos?

***

[Margaret Looney é editora assistente da IJNet]