Sunday, 23 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1293

Conselho da BSkyB decide manter James Murdoch na presidência

James Murdoch continuará na presidência da British Sky Broadcasting, decidiram por unanimidade os 14 membros do conselho da operadora de TV por satélite britânica em uma reunião na quinta-feira, 28. Filho do magnata Rupert Murdoch, James teve seu posto questionado por conta do escândalo dos grampos no News of the World. Ele preside a News International, braço britânico do grupo de mídia do pai e proprietária do tabloide.

Segundo artigo no New York Times, o conselho debateu, a portas fechadas, o papel de James Murdoch na companhia e decidiu que irá acompanhar de perto o desenvolvimento do caso dos grampos, mas chegou à conclusão de que não havia razão para afastar o executivo.

Manter James no comando da BSkyB é extremamente importante para o império de mídia da família Murdoch, afirmam analistas. A operadora – da qual a News Corporation é dona de 39% – é uma das partes mais valiosas das operações européias do grupo, lideradas pelo executivo. Rupert Murdoch pretendia comprar a companhia inteira quando explodiu o escândalo do tabloide, mas teve de desistir do plano.  

A pressão sobre James aumentou na semana passada, quando dois ex-executivos da News International refutaram o depoimento que ele havia dado ao comitê de cultura do parlamento. Os executivos afirmaram que, em 2008, informaram-lhe sobre a existência de evidências sugerindo que o caso de grampos telefônicos no News of the World era maior e mais abrangente do que se imaginava, enquanto James alega que sempre achou que o caso era isolado, restrito a um único repórter. Informações do New York Times [29/7/11].