Saturday, 15 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Editor suspenso por comentários no Facebook

Matt Nicholls, editor do jornal australiano Glen Innes Examiner, foi suspenso na semana passada por afirmar que o assassinato de um policial aumentaria a tiragem, escrevendo, em sua conta no Facebook, que ele ‘faria o máximo’ para capitalizar a tragédia. O editor, de 23 anos, chegou a afirmar que ‘não há nada melhor que a morte para aumentar a circulação de um jornal’.

Ele assumiu o cargo há apenas três semanas e fez os comentários após o policial Bill Crews ter sido morto em conflito com traficantes. O pai de Crew é um policial aposentado e sua mãe trabalha como professora de escola primária, na cidade de Glen Innes, a 450 km de Sidney.

O jornal abriu uma investigação do caso. ‘As ações de Matt Nicholls foram totalmente inaceitáveis e lamentamos profundamente qualquer dor que tenhamos causado à família e aos amigos de Bill Crews e à comunidade de Glen Innes’, desculpou-se o executivo-chefe da editora do jornal, Allan Browne. Informações de AFP [11/9/10].