Thursday, 25 de April de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1284

Juíza libera acordo entre NYTimes Co. e dono do Red Sox

A venda do Boston Globe pôde ser concretizada, na quinta-feira (24/10), depois que uma juíza de Massachusetts suspendeu uma ordem que havia interrompido temporariamente o acordo entre a New York Times Company e John W. Henry, dono do time de baseball Boston Red Sox. Em agosto, o empresário concordou em pagar 70 milhões de dólares pelos bens da unidade New England Media Group – além do Boston Globe, ele torna-se dono dos sites BostonGlobe.com e Boston.com, do jornal Worcester Telegram & Gazette e de seu site, e de 49% do Metro Boston.

A interrupção da venda se deu por conta de um processo aberto em 2009 contra o Worcester Telegram & Gazette por mais de mil entregadores. Eles alegam que foram classificados erroneamente como fornecedores independentes quando eram na verdade funcionários do jornal.

Na semana passada, a juíza Shannon Frison determinou que a venda não poderia ser concretizada a não ser que a New York Times Company concordasse em se juntar ao processo. Na segunda-feira (21/10), a empresa perguntou à juíza se ela consideraria suspender a proibição se fosse separada, na venda, uma quantia de dinheiro – determinada por ela – para um acordo com os entregadores.

Na tarde de quinta-feira, a juíza determinou que o processo de compra poderia continuar porque a New York Times Co. havia concordado em identificar o valor de cada bem vendido e depositar o valor do Worcester Telegram & Gazette em uma conta protegida.

***

Leia também

Grupo New York Times planeja vender o 'Boston Globe'

New York Times Co. vende jornal para dono do Boston Red Sox