Tuesday, 23 de April de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1284

Sun-Times faz acordo milionário com anunciantes

O Chicago Sun-Times, que pertence à Hollinger International, deverá pagar quase US$ 32 milhões em um acordo com anunciantes que se sentiram lesados pelo escândalo de circulação do jornal, revelado no ano passado. Depois de uma auditoria interna, descobriu-se que ele havia inflado seus índices de circulação por pelo menos sete anos – e que outros dois jornais menores da companhia, The Daily Southtown e The Star, haviam feito o mesmo.


Segundo maior jornal de Chicago, o Sun-Times anunciou na semana passada que já conseguiu resolver quase todas as reclamações feitas por anunciantes, noticia Holly M. Sanders [The New York Post, 17/9/05]. Em acordo com 400 dos seus maiores anunciantes, há alguns meses, o jornal concordou em desembolsar US$ 16.8 milhões em dinheiro e US$ 6.8 milhões em espaço publicitário. Agora, acordo com os anunciantes restantes foi fechado em US$ 15 milhões, sendo US$ 7.7 milhões em dinheiro e US$ 7.3 milhões em anúncios gratuitos.


Os acordos, que somam US$ 31.8 milhões, cobrem apenas empresas que compraram espaço publicitário no jornal. As milhares de pessoas que puseram anúncios pessoais no Sun-Times receberão um dia de anúncio gratuito na seção de classificados.