Tuesday, 05 de July de 2022 ISSN 1519-7670 - Ano 22 - nº 1194

Cassetete dói… e muito

DIRET?RIO ACAD?MICO

AV. PAULISTA

Rômulo Mafra (*)

Simplesmente revoltante! Esta é a palavra que define as ações da polícia na manifestação dos estudantes da USP contra a Alca e a globalização, em São Paulo, na sexta-feira retrasada. Para quem não sabia, era o Dia Nacional de Luta contra o Capitalismo Selvagem. Mais revoltante a omissão das nossas emissoras de TV, que não deram uma simples notinha nos telejornais sobre a excessiva ação dos PMs paulistas.

Se ainda tens alguma dúvida de que existe tortura policial (e principalmente por ações políticas, como nos anos 70), vá agora mesmo ao site <ww.midiaindependente.org> e confirme o que acontece debaixo dos olhos dos nossos cidadãos. Porrada, tortura, tiros de borracha à queima-roupa, tiro com armas de fogo convencionais, e até mesmo um hospital (o Nove de Julho-SP) que se recusou a atender a maioria dos feridos no confronto. Chamaram a polícia, que expulsou os feridos com mais violência ainda. Alguns feridos tiveram lesões sérias, como perfurações na cabeça, um pode perder dedos da mão, outro levou um tiro na perna com arma de fogo (o que é proibido em repressão de aanifestações), estilhaços de bombas de efeito moral lançadas perto demais (há um limite de distância para a polícia atirar com este tipo de arma). Bombas de gás tinham o prazo de validade vencido, e os policiais estavam sem identificação.

Mas cadê estas notícias? Por que não estão fazendo um Globo Repórter especial mostrando a violência da polícia e dizendo que ainda existe tortura no Brasil? Saiba que muitos dos que apanharam e foram feridos pela polícia estavam sentados ou parados, e já tinham se rendido.

Quem noticiou deu notícia errada, dizendo que a Avenida Paulista tinha sido fechada pelos manifestantes, quando o que aconteceu foi totalmente o contrário: a polícia fechou a Paulista por decisão superior (e quem sabe para colocar a mídia ainda mais contra a manifestação, que era pacífica).

Sabe por que estas notícias não chegam ao grande público? Porque a Globo e as outras grandes emissoras estão ligadas ao governo, então não tÊm muito interesse em mostrar um monte de punks, petroleiros e outros "desocupados" lutando por algo que eles apóiam, não é mesmo? Eles sinceramente não estão nem aí para causas reais, que têm alguma relevância com a nossa vida, pois a eles interessa o dinheiro, o ibope e outras pequenas coisas, como fazer campanhas sociais para "provar" como eles são bonzinhos e se importam conosco. Será que só houve manifestação em São Paulo? E o resto do Brasil? É claro que eles sabem que houve, mas isso não importa muito, não está na pauta do dia. O medo e a autocensura impregnam todos os meios de comunicação que poderiam fazer alguma diferença no nosso país.

Ou você acha mesmo que a Globo ficou contra o Collor porque achava que ele estava errado? É claro que não, aquilo só aconteceu porque foi um furo de reportagem e alguém resolveu denunciar, e como eles ainda não estão apagando testemunhas (pelo menos, eu acho) são obrigados a fazer, antes que outro veículo de comunicação o faça.

Agora, para quem pensa que este tipo de brutalidade só acontece no Brasil, em Quebec (Canadá), onde aconteceram gigantescas manifestações (todas pacíficas), muita gente também foi presa (450 pessoas). Relatos mostravam que os presos tinham que ficar nus (homens e mulheres) na frente dos outros (na delegacia) e sem contato com família ou advogados e sem comida. Muitas pessoas feridas, inclusive uma mulher teve que sofrer traqueostomia de emergência por causa de uma bala de borracha que levou na garganta.

Só para finalizar, muitas pessoas que apanhavam ou levavam bala de borracha durante as "dispersões" também estavam sentadas, deitadas, ou simplesmente paradas, cantando e se divertindo numa atitude pacífica, que era o objetivo das manifestações, assim como foi no Brasil. Pessoas de Quebec que estiveram nos protestos de Seattle e Windsor disseram que nunca tinham visto tamanha violência por parte da polícia. A diferença é que a imprensa toda noticiou.

(*) Ex-estudante de Jornalismo, obrigado a parar por estar desempregado, mantém coluna semanal sobre variedades no site <www.itajaionline.com.br>; email <romulomafra@bol.com.br>

Volta ao índice

Diret?rio Acad?mico ? texto anterior


Mande-nos seu comentário