Saturday, 25 de May de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1289

Com minúsculas

"Censura na internet", copyright Capixaba On, 28/7/00

"No programa de anteontem [26/7/00], pela TVE, o jornalista Alberto Dines demonstrou sua revolta pelo fim do contrato com o provedor UOL. Segundo ele, não renovar o contrato (que já durava quatro anos) foi represália contra o teor combativo do Observatório da Imprensa, ou então pressões empresariais devido a denúncias envolvendo o grupo Folha com parceiros nos negócios da comunicação. Isso configura, conforme Dines, uma censura na internet, até agora tida como meio democrático de acesso livre à informação. Mas, a quem reclamar, já que a internet é de todos e de ninguém? Felizmente outro provedor aceitou o Observatório da Imprensa, ao mesmo tempo em que o programa da TVE ocupava-se da denúncia de Dines, que significa, em resumo, que nem sempre a Folha está de rabo preso com o leitor. Para buscar notícias isentas o leitor mais exigente deve acessar <www.teste.observatoriodaimprensa.com.br> ou <www.ig.com.br/ observatorio>, que estarão à disposição dos internautas a partir do próximo dia 5. Temas como liberdade de expressão e ética são comuns nos debates que o Observatório leva ao ar toda terça-feira às 10 e meia da noite no canal 2."