Monday, 17 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Connie Chung deixa CNN

TELETIPO

Devido ao cancelamento de seu programa de entrevistas, a âncora Connie Chung decidiu deixar a CNN. Apesar de comandar o terceiro programa mais assistido da rede, Connie foi muito criticada por centrar demais em celebridades e assuntos típicos de tablóide: o próprio fundador da CNN, Ted Turner, classificou o programa como "simplesmente horrível" em entrevista recente, conta Elizabeth Jensen [Los Angeles Times, 26/3/03]. Além disso, o novo presidente, Jim Walton, deixou claro que quer retomar um formato de hard news. Contratada há um ano com salário estimado em US$ 2 milhões anuais, Connie preferiu sair da emissora ao constatar que não teria chance de apresentar um programa diário.

A diretoria da agência de notícias americana Associated Press anunciou que Tom Curley, atual presidente do USA Today, jornal de maior circulação dos EUA, será o novo presidente da instituição, substituindo Louis Boccardi, que se aposenta após 18 anos no cargo. A AP, que funciona como cooperativa não-lucrativa, foi criada em 1848 e fornece notícias a cerca de 15 mil veículos de comunicação em 120 países. Curley será o 12o presidente da agência, como informa nota oficial da agência, em 28/3/03.