Thursday, 13 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1291

Custo baixo, competição nenhuma

MONITOR DA IMPRENSA

DEUS MERCADO

Um dos consagrados veteranos da televisão norte-americana, Don Hewitt surpreendeu uma assembléia de estrelas e empresários da mídia ao propor o fim da concorrência entre CBS, NBS e ABC no noticiário da noite. Sua idéia é formar um grande e único blockbuster da notícia, que seria transmitido pelas três emissoras simultaneamente.

"Nós realmente precisamos de correspondentes de cada telejornal subindo e descendo a costa a espera de um furacão? Um repórter pode fazer isso, no lugar de três", disse o diretor-executivo do 60 Minutes a Keith J. Kelly, do NYPost.com (15/03/01). "Ao invés de Associated Press teríamos a Associated Television." Para Hewitt, isso possibilitaria cortes de gastos e evitaria as repetições desnecessárias que são televisionadas pelos diferentes canais.

O discurso foi feito durante um debate sobre a guerra entre negócios e jornalismo na mídia americana atual, que fez parte da conferência "Inovadores e Navegadores", patrocinada pela Talk Magazine. Estavam presentes Michael Bloomberg, dono do serviço de notícias financeiras Bloomberg, e David Schneider, presidente do Village Voice Media, com mediação do escritor e jornalista Harold Evans.

De acordo com a matéria do NYPost.com, Hewitt disse que os três grandes âncoras da CBS, NBS e ABC deveriam alternar sua apresentações toda semana, e desta forma cada um poderia ter sete dias como âncora e duas semanas como repórter de rua. Para o diretor do 60 Minutes, a competição e a necessidade de ser o primeiro não colaboram em nada com o desenvolvimento do noticiário. Pelo contrário, lembrou ele, foi a pressão de chegar primeiro que fez as grandes emissoras estragarem a cobertura das eleições presidenciais do ano passado.

Hewitt sugeriu que o dinheiro economizado nos telejornais da noite fosse revertido para programas em que as emissoras podem realmente diferenciar-se umas das outras. Disse ainda que alguns executivos da rede concordam com sua opinião, mas jamais apoiariam a proposta. "Se eu acho que entrariam nessa? Não. Acredito que irão dizer o que dois executivos me disseram quando propus 60 Minutes: ?é uma péssima idéia?."

Volta ao índice

Monitor da Imprensa ? próximo texto

Mande-nos seu comentário