Friday, 14 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Imitação da arte

QUALIDADE NA TV

NIGHTLINE

Ted Koppel afirmou com largo sorriso que o programa Nightline da semana passada, transmitido pela ABC, foi o jornalismo imitando a arte. Foram cinco noites falando sobre o tráfico de drogas, baseadas no filme Traffic, de Steven Soderbergh. Cálculos de James Barron [The New York Times, 19/3/01] indicam que houve 150 minutos de Nightline, três a mais que o filme inteiro. Mas incluindo os comerciais.

"Não foi o filme, mas o tema que me levou a fazer um programa ocupando a semana inteira", disse Koppel, que pareceu questionar as conseqüências das leis que determinam sentenças severas aos envolvidos com drogas. "Há mais de 2 milhões de pessoas na prisão neste país, em relação à população absoluta mais do que em qualquer outro país", disse.

"Uma das primeiras perguntas que quis fazer a pessoas habituadas com o assunto e a funcionários da Agência de Combate às Drogas (DEA) é se já viram o filme, e como o comparam à realidade", disse Koppel. Todas tiveram a mesma reação: o filme acertou, principalmente na interconexão entre os que cultivam a planta, os traficantes e os consumidores.

Volta ao índice

Qualidade na TV ? próximo texto

Mande-nos seu comentário