Friday, 14 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Marrom disfarçado

A edição de Época nas bancas (n? 146, 5/3/01) é decididamente infeliz. Mais grave do que a dramatização da entrevista de ACM [veja a rubrica Imprensa em Questão, nesta edição] é a matéria de página inteira (42) intitulada "A angústia do senador".

Refere-se a uma crise existencial que o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) estaria amargando por não encontrar apoio para lançar-se candidato à presidência da República enquanto é ofuscado pelo brilho da mulher, Marta. prefeita de São Paulo. Mais da metade da matéria vai por este caminho, pretensamente político.

No terço final irrompe uma fofoca conjugal que destoaria até numa coluna de mundanidades. Quanto mais numa matéria política na rubrica "Brasil" de um semanário que se assume mais sóbrio do que os concorrentes.

Apesar dos rodeios e piruetas é jornalismo marrom.

Alberto Dines

Este Observador infringiu suas normas pessoais de conduta e as que ajudou a desenvolver neste Observatório quando respondeu com ofensas pessoais aos artigos do jornalista Hélio Fernandes publicados na Tribuna da Imprensa sobre o caso da TVE [veja última carta do Imprensa em Questão da edição n?108, de 14/2/2001]

O repúdio aos citados artigos e às perfídias que contêm não poderia, em hipótese alguma, resvalar para a vida pessoal do seu autor.

Razão pela qual registra-se aqui um pedido de desculpas tanto ao atingido como aos nossos leitores.