Thursday, 20 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Moacir Japiassu

JORNAL DA IMPRENÇA

“O pesado sono do Boechat”, copyright Comunique-se (www.comuniquese.com.br), 3/04/03

“No sábado passado, 29 de março, por volta do meio-dia e antes de tomar a primeira, Janistraquis navegava pela coluna do Boechat, datada do dia 27. Eu estava na cozinha a preparar uns tira-gostos quando escutei o clamor: ?Considerado, o Ricardo Boechat está mais fora de órbita do que o ministro José Graziano ou as mulheres apaixonadas do Manuel Carlos; venha ler!?. Abandonei as panelas, vim e testemunhei a forma como o festejadíssimo colunista do Jornal do Brasil pareceu despertar numa UTI. Estava escrito: ?Dia 15 de dezembro, 56 grupos de homossexuais vão invadir Curitiba, no Paraná, para o Encontro Nacional de Lideranças Gays. No encerramento da reunião será elaborada uma carta com as reivindicações da turma, como o casamento civil para pessoas do mesmo sexo. Marcelo Nascimento, presidente da Associação de Gays, Lésbicas e Travestis, planeja levar o documento a Lula, assim que o presidente eleito tomar posse?. Apesar da idade e das décadas de serviço, fiquei estarrecido e, ao mesmo tempo, preocupado com o estado de saúde do colunista, porém meu secretário, impassível tal Fernandinho Beira-Mar, rosnou: ?Só quero ver quando ele souber da vitória da Beija-Flor no desfile do Sambódromo e, principalmente, quando lhe contarem que Estados Unidos e Inglaterra invadiram o Iraque. Isso, sem falar que o Vasco é o campeão carioca de 2003?. Concordo; vai ser um choque.

******

Exemplo de pesquisa

E já que se falou no Vasco campeão, vale recordar aqui uma pesquisa feita pelo site do Jornal dos Sports, na véspera do jogo decisivo contra o Fluminense. O jornal perguntava: ?Quem será o campeão estadual do Rio de Janeiro em 2003??. O leitor poderia clicar em ?sim? ou ?não?. E, em seguida, votar. Como não havia os nomes das equipes, a curiosidade levou-me a clicar simplesmente em ?votar?. A resposta: ?Você não votou em ninguém!?.

Agora convencido de que estavam a me gozar, assim mesmo voltei ao ponto zero e resolvi clicar em ?sim?, para conhecer novas humilhações. A resposta: ?Você votou em sim?. Ao lado, o site apresentava a contagem, até aquele momento: ?Sim, 28.74%; não, 71.26%?. Eu, que votara no ?sim?, havia perdido e só me restava a torcida de que o ?não? representasse o Vasco. Meu secretário adorou: ?Isto sim, considerado, é que é apostar no escuro!?.

******

É muito baseado!

Nossa correspondente em Curitiba, Bia Moraes, estava a editar matérias na redação da Tribuna do Paraná quando foi atingida por certeiro míssil disparado por uma assessora de imprensa. Dizia o, com perdão da palavra, release: ?A Polícia Rodoviária Federal apreendeu neste final de semana mais 158 quilos de maconha, no Posto Céu Azul, na BR 277, km 643. Foram três apreenções distintas, no entanto todas foram encontradas em fundo falso entre o banco traseiro e o motor de três veículos. Todos tinham como ponto de entrega da mercadoria a cidade de Belo Horizonte. Mercadoria e envolvidos foram detidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Matelândia?. Apreençivo com o estado de nossa considerada Bia, acamada desde o dia do atentado, meu secretário acha que a Polícia cometeu grave erro ao deixar em liberdade a açeçora de imprensa; afinal, o cabeçalho da mensagem já anunciava a má intenção da redatora: APREENÇÃO DE MACONHA.

******

Explosiva notícia

Compulsivo leitor da Tribuna da Imprensa, um colaborador que se assina Sobrenatural de Almeida denuncia: ?Está, textualmente, na coluna do Hélio Fernandes: ?A pólvora foi inventada por Alfredo Nobel, há cem anos?. Janistraquis, que é grande admirador do Hélio, tentou defender o ídolo: ?Considerado, isso é sacanagem do Sobrenatural; ora, numa Imprensa que não sabe de nada, o cara saber que Alfredo Nobel inventou alguma coisa que explode já tem grande serventia!?. Pensando bem, é mesmo.

******

Blogs & blogs

Janistraquis, que depois de coroa descobriu os encantos da web e, vez por outra, esbarra nos chamados blogs, conferiu alguns e desabafou: ?Considerado, a Internet é uma colossal feira-livre de vaidades, onde a inveja costuma marcar encontro com a pobreza de espírito?. É, a generosa rede embala bilhões de liliputianos blogs, mas ponderei que não se deve generalizar; afinal, temos aí o Marinildadas, no qual brilha e rebrilha a inteligência de Marinilda Carvalho, cujo defeito (?) é não torcer pelo Vasco.

******

Errei, sim!

?Revelador Erramos da Folha de S. Paulo: ?Diferentemente do que foi publicado no texto Artistas periféricos passam despercebidos, à página 5-3 da edição de ontem da Ilustrada, Jesus não foi enforcado, mas crucificado?. Vesgo de perplexidade, Janistraquis balbuciou: ?Considerado, isso é muito mais do que um erro; isso é pecado mortal…?. (fevereiro/1995)”

 

DIRECTV & SKY

“Compra da Directv pela Sky teria de passar pela aprovação do Cade”, copyright Folha de S. Paulo, 4/04/03

“A possível aquisição da Directv pelo magnata Rupert Murdoch, controlador da Sky, teria que ser submetida ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). É o que informou ontem à Folha a assessoria do conselho. Isso porque a operação tem o potencial de transformar o mercado brasileiro de TV por assinatura por satélite num monopólio.

Murdoch pode adquirir nas próximas semanas a Directv, o que garantiria ao magnata, conforme apurou a Folha, o controle de 95% desse negócio no país.

O Brasil possui atualmente cerca de 1,3 milhão de assinantes de TV por assinatura por satélite, num mercado que movimenta aproximadamente R$ 63 milhões mensais.

A única concorrente da Sky e Directv no país é a Tecsat, empresa de capital brasileiro que possui apenas 55 mil usuários. A Sky tem 730 mil usuários, e a Directv, por volta de 500 mil, segundo estimativa do mercado.

A Tecsat pode ser prejudicada com o negócio pretendido pelo grupo News Corporation, de Murdoch, devido à dificuldade de concorrência. ?Se Murdoch comprar a Directv, deve fundir a operadora com a Sky para reduzir custos. O negócio terá então de passar pelo Cade no Brasil?, disse Paulo Hisse de Castro, diretor de novos negócios da Tecsat.

Murdoch estaria disposto a pagar cerca de US$ 7 bilhões para adquirir a Hughes Electronics, empresa da americana General Motors que controla a Directv. A perspectiva de que ele compre a operadora ganhou força anteontem, depois que o grupo SBC Communications afirmou que desistiu de comprar a Directv.

A aquisição da Directv por Murdoch teria de ser aprovada pelo Cade porque o negócio envolveria mais de 20% do mercado e valores acima de R$ 400 milhões. Antes da decisão do Cade, a Secretaria de Direito Econômico (ligada ao Ministério da Justiça) e a Secretaria de Acompanhamento Econômico (Fazenda) também teriam de dar seus pareceres.

Murdoch passou a controlar efetivamente a Sky do Brasil no ano passado, depois de fechar um acordo com os outros acionistas. Na época, as Organizações Globo detinham 54% das ações da empresa, o grupo americano Liberty Media, 10%, e a News Corporations (de Murdoch), 36%.

Com o acordo, a News Corporation passou não só a administrar a Sky do Brasil como também a ser o único sócio a investir na empresa. A Sky atua em vários continentes, como a Europa.

Já a Directv existe só nos EUA e América Latina. Com sede nos Estados Unidos, a empresa pediu concordata no dia 18 de março, a fim de reestruturar suas finanças.”