Friday, 14 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Os "ponteiros" do mercado

MONITOR DA IMPRENSA

JORNALISMO ECONÔMICO

As três maiores revistas de notícias dos Estados Unidos fizeram do mergulho das ações a estrela da semana passada. O devastado mercado financeiro e a hesitante economia foram manchete das três capas, trazendo previsões não muito otimistas sobre o futuro econômico do país. Pode ser que o assim chamado "ponteiro" das capas de revista esteja entrando em ação, disse Josh Friedman, do Los Angeles Times (21/3/01).

"Economia ? o quão apreensivo você deve ficar? O mercado está selvagem. A insegurança está tremendo. O que você pode fazer agora", foi a chamada da Newsweek. A U.S. News & World Report estampa um urso rosnando em sua capa ? a imagem do urso é associada ao mercado em baixa nos EUA ? e uma dúvida. "Armadilha do Urso: as ações de tecnologia derrubarão o resto do mercado e a economia?". E sob perspectiva um pouco mais otimista, a Time anunciava: "Além do urso: sim, é assustador lá fora, mas a recessão não é certa. Aqui o porquê".

Segundo Friedman, analistas dizem que as capas são animadoras como um sinal "invertido", mas não conclusivas. E esse tipo de ponteiro pode prever reviravoltas do mercado baseando-se na teoria de que quando más notícias já chegaram ao público a coisa não pode ficar muito pior.

"Estamos quase enxergando a nuvem negra", disse James Stack, presidente da Whitefish, empresa de investimento em tecnologia sediada em Montana. "Mas a imprensa continua falando da recessão sem chegar a uma conclusão." Brian Kelly, editor-chefe da U.S. News, disse que nunca ouviu falar do tal "ponteiro". "Faz sentido", afirmou. "Assim como a noção de que quando seu barbeiro está comprando ações é tempo de vender, quando um monte de editores se junta e todos concordam com algo deve se tratar de uma informação tão óbvia que ocorreu meses antes."

Apesar disso, Kelly disse que o julgamento noticioso levou-o a colocar o assunto na capa. "O mercado atravessou um território de baixas na semana retrasada. Uma das coisas que fazemos é marcar momentos, e o mercado do urso é um grande momento agora".

Lembrando casos anteriores em que a previsão de sua revista foi certeira, o editor-chefe da Time Jim Kelly prefere acreditar que o indicador funcionará novamente. Com o tempo ? imediato e volátil como o mercado que o acompanha ? saberemos.

Volta ao índice

Monitor da Imprensa ? próximo texto

Monitor da Imprensa ? texto anterior

Mande-nos seu comentário