Monday, 17 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Regina Moura

E-NOT?CIAS

ASPAS

ESTRÉIA / CIDADE BIZ

"Cidade Biz já está no ar", copyright TCInet (www.tcinet.com.br), 13/03/01

"Estreou hoje na Web o portal de negócios do Cidade Internet. Batizado de Cidade Biz, o espaço terá informações e análises de economia, negócios, administração, finanças, marketing, mídia, propaganda, Internet e política. Os jornalistas Antonio Machado de Barros e Nirlando Beirão serão os responsáveis pelo conteúdo, apresentado nos formatos de boletins, matérias, entrevistas em streaming ao vivo e sob demanda.

O Cidade Biz terá doze seções, entre elas uma coluna diária com curiosidades do mundo empresarial e novos empreendimentos; uma área para últimas notícias, com notas quentes vindas de agências de notícias; um canal de entrevistas com personalidades da área de negócios; a seção TechMídia, com editorial e programa semanal com participação de especialistas do mundo tecnológico, virtual e de propaganda e mídia etc.

Sob o guarda-chuva do grupo de comunicação argentino Clarín, o Cidade Internet não divulga o valor do investimento no portal, mas afirma que o montante faz parte do aporte recebido recentemente do Grupo Bapro, no valor de 75 milhões de dólares. A soma está sendo aplicada nas operações do Cidade Internet no Brasil, México e Argentina.

Ainda hoje, o Cidade Internet anunciou o ShopFácil, portal de comércio eletrônico B2C do Bradesco, como o seu shopping oficial na Internet, com promoções exclusivas e diárias para os seus mais de 500.000 usuários. As operações comerciais efetuadas dentro do portal serão gerenciadas pelo ShopFácil."

MERCADO

"Cidade Internet diz possuir US$ 94 milhões para investir", copyright Valor Econômico, 14/03/01

"O portal Cidade Internet, do grupo argentino Clarín, tem US$ 94 milhões para investir na operação brasileira este ano. Do orçamento de US$ 140 milhões para os dois primeiros anos de atividade, US$ 46 milhões foram gastos em 2000.

No final do ano passado, o grupo Clarín recebeu um aporte de US$ 75 milhões do Banco da Província de Buenos Aires (Bapro). Os recursos, segundo a empresa, serão usados em todas as mídias com que a empresa trabalha e nos três países onde atua (Argentina, Brasil e México).

Segundo Vivien Rosso, diretora do Cidade Internet Brasil, a meta da companhia é chegar ao equilíbrio entre receitas e despesas até julho de 2002. ?Estamos no caminho para cumprir o objetivo?, afirma.

Hoje, diz Vivien, 70% da receita do Cidade Internet vem de publicidade, mas a partir deste ano a empresa contará com outras fontes de recursos.

Uma delas é o comércio eletrônico, a partir de uma parceria fechada entre o portal e o ShopFácil, da Bradespar.

Outra parcela do faturamento deverá ser obtida com o serviço pago de acesso à internet, lançado em janeiro.

No entanto, dos 150 mil usuários que o portal tinha com o acesso gratuito, apenas 18 mil migraram para o modelo pago até agora.

O portal anunciou também a criação da Cidade Biz, revista de economia e negócios. O veículo vai explorar outras mídias e formatos, além da internet.

Segundo Antonio Machado, um dos jornalistas responsáveis pelo projeto, o site terá uma versão impressa em cerca de um mês, na forma de colunas que serão publicadas em jornais locais.

?Vamos explorar todas as mídias possíveis?, disse Machado, criador do projeto, ao lado do Cidade Internet."

Volta ao índice

e-Notícias ? próximo texto

e-Notícias ? texto anterior

Mande-nos seu comentário