Saturday, 18 de May de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1288

Striptease no telejornal

O Boston Globe passa por novo sufoco. Após demissão dos colunistas Mike Barnicle e Patricia Smith, em 1998, Jeff Jacoby, colunista reconhecidamente conservador do jornal, foi suspenso no sábado, 8 de julho, por quatro meses – sem direito a salário –, sob acusação de plágio.

De acordo com Howard Kurtz [Washington Post, 11/7/00], em coluna do dia 3 de julho Jacoby discorreu sobre o destino dos signatários da Declaração de Independência, tema explorado por Paul Harvey, Rush Limbaugh e outros. Jacoby reconheceu ter consultado livros, enciclopédias e websites para escrever sua versão, a qual apresenta certa similaridade com publicações anteriores.

"Acusando-me de séria má conduta jornalística, o Globe está envenenando o bom nome que passei anos construindo", afirma o colunista. "A suspensão é uma reação bruta a algo que nem o Globe considera plágio."

Em declaração sobre a suspensão, o Globe afirmou que a coluna foi baseada "em dados presentes em outras publicações, livros e sítios, e falhou ao deixar de citar tais fontes".

Renee Loth, editora-chefe do jornal, disse que o ocorrido "não tem absolutamente nada a ver com ideologia". Segundo ela, a demissão de Barnicle e Smith não tem relação com o destino de Jacoby. Grande parte da equipe do jornal, no entanto, discorda. "A punição soou como uma terrível precipitação", afirmou Charles Stein, colunista de economia do Globe. "Jacoby fez besteira, mas o caso é bem diferente dos outros incidentes que envolveram o jornal, nos quais pessoas inventaram fatos", disse. "Talvez reprimenda e suspensão por uma semana fossem mais apropriados."

Steve Bailey, outro colunista do Globe, afirmou que a opinião de Jacoby nunca foi bem-vinda na redação desde seu primeiro dia. "Uma escorregada e ele seria despedido", disse. "É difícil imaginar que a punição não está ligada com suas tendências conservadoras; Jacoby cultivou muitos inimigos durante anos." Bailey diz que, apesar de não concordar com seu ponto de vista, admira seu trabalho.

A suspensão do veterano colunista causou protestos de jornalistas de veículos como National Review Online, Jewish World Review, FrontPageMag.com e Wall Street Journal.

Diferentemente dos casos anteriores, o afastamento de Jacoby enfureceu os que afirmam que o jornal é pobre em diversidade política. "Jacoby cometeu uma estupidez e admitiu", disse Dan Kennedy, crítico de mídia do Boston Phoenix, "mas ao destruir-se a reputação e a carreira de um homem, deve-se tomar cuidado". Segundo Kennedy, a coluna não teve intenção de plagiar alguém, mas há pessoas na redação que abominam Jacoby, o que torna sua punição mais fácil.

Loth deu o veredicto final: "Quatro meses são tempo suficiente para Jacoby sentir se quer um novo emprego – que é seu direito –, ou se ainda quer voltar".