Thursday, 20 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Uma só cobertura

INVASÃO DE BAGDÁ

As grandes redes de TV americanas ? ABC, CBS, CNN, Fox, NBC e MSNBC ? fizeram um pacto para dividir qualquer filmagem feita em Bagdá nas primeiras 24 horas da invasão americana. O acordo, informa Pamela McClintock [Variety, 18/3/03], só se aplica à capital do Iraque e a imagens geradas pelas próprias emissoras: vídeos de parceiros estrangeiros (a ABC, por exemplo, tem acordo com a BBC; a NBC, com ITN e ZDF) não precisam ser compartilhados.

Até o dia 17 de março, CNN e CBS eram as únicas redes americanas com correspondentes ainda em Bagdá; ABC e NBC tiraram suas equipes da capital. O jornalista da Fox fora expulso nas semanas anteriores. John Stack, vice-presidente da divisão de notícias da Fox, diz que o acordo entre as emissoras foi feito "no espírito de informar o público americano", pacto semelhante ao fechado para a cobertura do 11 de setembro.

TV árabe se destaca

Se a al-Jazira roubou a cena durante a guerra no Afeganistão, agora é a vez da Abu Dhabi Television (ADTV), revela Kavitha S. Daniel [Gulf News, 24/3/03]. A emissora, situada estrategicamente no centro de Bagdá, é a responsável por vídeos dos bombardeios na capital do Iraque transmitidos por canais internacionais. A estação ? que conta com estúdio próprio, equipe técnica completa e cerca de 40 repórteres cobrindo a guerra ? tem agora programação 24 horas e anuncia que mais de 120 organizações já fecharam acordo para exibir suas imagens exclusivas, entre elas Reuters, CNN e AFP.