Thursday, 13 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1291

Vale a privacidade

DIRET?RIO ACAD?MICO

CARTAS

PROVÃO

Gentilli, até onde eu sei, somente o próprio estudante pode autorizar a divulgação de seu nome e de seu desempenho no provão. Dois alunos entre os 20 melhores, um dos quais o do Jornalismo, não autorizaram. Por isso, não houve qualquer menção ao nome do estudante de Jornalismo, em respeito ao seu desejo. O procedimento é o mesmo em relação aos garotos do ENEM. O direito à privacidade de todos eles é rigorosamente respeitado.

Ana Lopes

Perfeitamente, cara Ana. Em meu texto da edição anterior [ver remissão abaixo] deixei claro que escrevia bem antes do evento com o ministro, embora já tivesse a informação de que o campeão em Jornalismo se recusara a aparecer em público. Como você bem diz, "o direito à privacidade de todos eles é rigorosamente respeitado". Tanto melhor. Um abraço, V. G.

PICARETAGEM CONSENTIDA

Sou professora universitária e acho que estamos num "beco sem muitas saídas" depois que o "milagre" aconteceu. Taí! Universidades abarrotadas, todos diplomados e os cegos em terra de leitores são rei. Quem quiser que não leia, que não escute, não pense. Porque senão… dói.

O provão… é muito complicado defendê-lo, além dessas questões MEC-Di Genio etc. Mas eu queria lhes dar uma informação: foi somente depois de se falar em provão que as faculdades começaram a permitir que os professores exigissem um pouco mais dos alunos além da, quase, quitação de mensalidades. Isto nos faz pensar. Acho o assunto muito complexo, que envolve outras coisas interessantíssimas e "burríssimas" acontecendo, e que merecem um bom debate nacional. Foi bom lê-los e também "falar".

Regina Zolty

Leia também

Como pautar a imprensa ? Victor Gentilli

Picaretagem consentida ? Luiz Egypto

Volta ao índice

Diret?rio Acad?mico ? texto anterior


Mande-nos seu comentário