Tuesday, 21 de May de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1288

A limitada cobertura das eleições primárias

A cobertura da disputa para prefeito e conselho do distrito, em Washington, nas eleições primárias, foi bem detalhada no Washington Post. Já o mesmo não se pode dizer dos condados de Montgomery e Prince George, observa o ombudsman Andrew Alexander, em sua coluna de domingo [12/9/10]. Até a última semana, o Post ignorou amplamente as disputas nesses lugares.

A disparidade é grande. Cerca de 50 matérias ou colunas sobre as disputas no distrito apareceram nas páginas de notíticas do Post, de agosto até a semana passada. Este número é três vezes mais do que a cobertura do condado de Montgomery e dez vezes maior do que as de Prince George. Em Prince George, eleitores irão escolher um novo executivo e diversos membros do Conselho do Condado, um procurador e um xerife. Já em Montgomery, havéra eleição no Conselho do Condado, legislatura estatal e outros cargos que são amplamente disputados.

A extensa cobertura do distrito é apropriada e o resultado é importante para os residentes de lá. Muitos que vivem no subúrbio estão acompanhando atentamente a campanha. A cidade é o centro da região e, além disso, a capital do país. Mas a grande brecha é desconcertante, dada à tiragem do jornal nestas localidades. A circulação diária do Post em Montgomery excede a do distrito (118 mil comparado a 90 mil). Nos domingos, a diferença é ainda maior – 150 mil, comparado a 95 mil. E, em Prince George, a tiragem é menor nos dias de semana, porém maior nos fins de semana.

Editores do Post ouviram a reclamação da falta de cobertura em encontros nos conselhos de Montgomery, em maio, e de Prince George, em junho. ‘Recebemos o alerta’, relembrou o ex-relações públicas do jornal, David J. Jones. ‘A cobertura limitada é uma oportunidade perdida. São nestes condados que estão nossos leitores e lucros publicitários’. Para Emilio Garcia-Ruiz, editor da cobertura local, o problema deve-se a reduções de equipe. ‘Não temos o número de pessoas que costumávamos ter’, disse.