domingo, 16 de fevereiro de 2020 ISSN 1519-7670 - Ano 20 - nº 1074

Jornalistas romenos enfrentam quarentena

Jornalistas romenos que visitaram partes da Turquia onde já surgiram casos de gripe aviária terão que ficar em quarentena quando voltarem a seu país. O presidente da Romênia, Traian Basescu, declarou que todos os jornalistas de nacionalidade romena que reportaram diretamente de áreas atingidas por casos de gripe aviária serão isolados assim que pisarem em território nacional.


Basescu fez a declaração depois que casos recentes da doença foram descobertos em pessoas na Turquia e emissoras romenas enviaram suas equipes para as regiões atingidas. ‘Olhem todos estes jornalistas que reportaram diretamente da frente da casa onde morreram três pessoas de gripe aviária. O que eu posso dizer é que estes profissionais entrarão em quarentena assim que retornarem ao país’, afirmou o presidente.


Ele citou especificamente a correspondente de TV Mirela Voicu, primeira jornalista romena a chegar à província turca de Dogubeyazit, onde três crianças de uma mesma família morreram da doença. ‘A correspondente entrou na área atingida muito facilmente. Autoridades turcas deveriam ter imposto medidas mais rígidas desde a descoberta do primeiro caso’, reclamou Basescu.


Mais de 30 vilarejos romenos foram postos em quarentena desde setembro, e jornalistas só recebem permissão para entrar nas áreas isoladas se usarem máscara de proteção e forem borrifados com substância desinfetante ao sair. Muitos já foram pegos tentando driblar o sistema de segurança. Informações de Katy Duke [The Guardian, 11/1/06].