terça, 18 de fevereiro de 2020 ISSN 1519-7670 - Ano 20 - nº 1074

Premiê compara jornalistas a soldados

O primeiro-ministro do Vietnã, Nguyen Tan Dung, comparou jornalistas a soldados que devem servir a sua nação, noticia a AFP [19/1/10]. A mídia vietnamita é uma das menos livres do mundo. ‘A imprensa não deve divulgar informações que prejudiquem os interesses do país. A verdade é sempre a verdade, mas podemos escolher a melhor hora para contá-la, a fim de garantir os interesses da nação’, afirmou o premiê, em um encontro do Ministério da Informação e Comunicação. ‘Nossos mais de 17 mil jornalistas devem ser soldados leais servindo ao Vietnã’, completou.


Todos os veículos de mídia do país, que enfrentou décadas de guerra contra a França e os EUA, são ligados ao governo comunista. Em 2008, dois jornalistas foram a julgamento por revelar um dos maiores casos de corrupção do país. No ano passado, a organização Repórteres Sem Fronteiras listou o Vietnã em uma das piores posições de seu ranking anual de liberdade de imprensa.