Thursday, 25 de April de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1284

Artigos de Demétrio Magnoli

Os bons companheiros

  De “caçador de marajás” Fernando Collor transfigurou-se em caçador de jornalistas. Na CPI do Cachoeira seu alvo é Policarpo Jr., da revista Veja, a quem acusa de se associar ao contraventor “para obter informações e lhe prestar favores de toda ordem”. Collor calunia, covardemente protegido pela cápsula da imunidade parlamentar. Os áudios das investigações […]


Herói sem nenhum caráter

Lula jamais protestou contra o monopólio da imprensa pelo governo cubano e nunca deu um passo à frente para pedir pelo direito à expressão dos dissidentes no Irã. Ele sempre ofereceu respaldo aos arautos da ideia de cerceamento da liberdade de imprensa no Brasil. Mas é incondicional quando se trata de Julian Assange: ‘Vamos protestar […]


Os falsários

Carlos Augusto Montenegro, o presidente do Ibope, profetizou há muitos meses uma vitória folgada de José Serra no primeiro turno. A campanha não havia começado e o Ibope não tinha pesquisas relevantes. O Oráculo falou para bajular aquele que, presumia sua sabedoria política, seria o próximo presidente. Mais tarde, durante a campanha, de posse de […]


Os 20 anos de um editorial

‘Você fez um bom trabalho em suas reportagens, embora não seja um marxista, porque tenta contar a verdade sobre nosso país (…). Eu devo dizer que você apostou no nosso cavalo quando outros pensavam que ele não tinha chance – e tenho certeza de que você não perdeu com isso.’ Estas palavras, dirigidas por Joseph […]


A hora e a vez dos caluniadores

O Observatório da Imprensa republicou um post de Luis Nassif dedicado a justificar os fatos relatados numa reportagem da Folha de S. Paulo sobre as condições de sua contratação pela estatal TV Brasil (ver ‘A escandalização do factóide‘). Lá pelas tantas, em meio a um argumento de natureza conspiratória, o texto afirma que Otavio Frias […]


Os novos craniologistas

Na falta de um argumento, elas fazem um abaixo-assinado. Milena Almeida e Angélica Basthi convocaram oitocentas e vinte e uma pessoas físicas e mais quatro mil e seiscentas e quarenta e três entidades para subscrever seu ‘Matem os escravistas‘ (OI, 3/11/2009).O artigo da multidão tem uma graça involuntária. Milena, jornalista, escreve:‘Vale lembrar também que Muniz […]



Males da leitura apressada

Resenhar livros dá trabalho. Demanda um tempo desproporcional ao que se paga pela resenha, especialmente no caso inconveniente de livros extensos. Marcelo Leite não é o único a resolver o problema saltando a leitura da maior parte do livro. Mas, ao empregar o ‘método’ na resenha publicada na Ilustrada (26/9) de meuUma Gota de Sangue […]


Ruidosos agentes do silêncio

Hugo Chávez não sabe quem foi John Milton. No Areopagítica, de Milton, está escrito: ‘Aquele que mata um homem, mata uma criatura da razão, feita à imagem de Deus, mas aquele que destrói um bom livro, mata a própria razão, mata a imagem de Deus’. Subtitulado como ‘Um Discurso ao Parlamento da Inglaterra pela Liberdade […]


Do valor de artigos exóticos

Quando Tarso Genro ordenou a captura e deportação dos pugilistas cubanos, nos Jogos Pan-Americanos de 2007, converteu-se em herdeiro político legítimo de Alfredo Buzaid, seu antecessor no Ministério da Justiça nos tempos de Garrastazu Médici. Não há surpresa na sua iniciativa de suprimir do projeto de lei destinado a frear a farra dos grampos uma […]


Órfãos de um jornalista inventado

A polêmica instalada neste Observatório entre Alberto Dines e uma parte significativa dos leitores gira em falso, pois os polemistas não escrevem no mesmo idioma. Eles jamais se entenderão. Não é que continuarão divergindo: nunca saberão nem sequer se divergem porque habitam universos mentais distintos. A explicação para o mal-entendido está na história do OI […]