Saturday, 20 de April de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1284

Artigos de Francisco José Castilhos Karam

O jornalismo cínico e o ponto de não-retorno

Em 1988, o psicanalista Jurandir Freire Costa alertava que a sociedade brasileira poderia estar chegando a um perigoso ponto de não-retorno. Ela estaria incorporando quatro valores: cinismo, narcisismo, violência e delinquência. À época, seus estudos tinham como referência, entre outros, as ideias de Peter Sloterdijk. O filósofo alemão havia escrito, desde a década de 1970, […]


O telhado de vidro do jornalismo

Não há Capitalismo sem Estado que o sustente. Não é afirmação nova. Mas é reiteradamente comprovável. O Estado, para sustentar o interesse privado do capital, sacrifica o benefício coletivo e o torna muitas vezes residual. O Capital nunca perde, a não ser em uma ruptura do modo de produção que o torne, ele mesmo, residual, […]



A hipocrisia como critério de noticiabilidade

O silêncio em relação à Operação Zelotes, com fraudes e sonegação que envolvem 19 bilhões de reais junto à Receita Federal, dos quais 672 milhões de reais dizem respeito à sonegação do grupo de comunicações RBS (Rede Brasil Sul) , não é resultado apenas de restrições jurídicas, mas sobretudo do interesse particular e do cinismo que envolve praticamente todos os grandes veículos.


Jornalismo, civilização e democracia

Para onde vai o jornalismo? Para onde vai a civilização? Diante de fatos tão surpreendentes quanto cruéis que se repetem, muitos se perguntam sobre o que o jornalismo deve priorizar e para que lado estamos indo como sociedade. Alguns dos fatos mais relevantes do andar humano, nos últimos dias, são o dos olhos arrancados de […]


O grupo Clarín e a liberdade de expressão

A denúncia judicial feita na quinta-feira (22/11) pelo grupo Clarín, da Argentina, contra vários jornalistas daquele país, entre eles profissionais de Página/12, de Tiempo Argentino e do programa 6,7,8,mereceu o repúdio de grande parte dos profissionais, entre eles os afiliados ao Foro de Periodismo Argentino, muitos dos quais pertencentes ao próprio grupo denunciante. A atitude do […]


A criminalidade, os negócios e o jornalismo

Recentes ataques a policiais em São Paulo, Rio de Janeiro e Florianópolis, a mando de facções criminosas que ordenam assassinatos em represálias a ações do Estado, estão na pauta cotidiana da mídia em seus diversos suportes tecnológicos, do impresso ao digital, das emissoras de rádio às de televisão. Não é novidade nem a ação e […]


Sobre cracolândia, cidadania e notícia

  Da TV Globo ao portal Terra, a expressão “a paz volta a reinar” depois de ocupações institucionais nas favelas do Jacarezinho e Manguinhos, no Rio, foi uma constante. Menos de 24 horas depois, fatos mostravam o retorno das cracolândias, por exemplo, em lugares distintos. E que a paz naquelas regiões, ainda que alardeada, não […]


Imprensa, privacidade e a Justiça moderna

  O episódio da revelação de fotografias da princesa Kate Middleton detopless revigora uma discussão acerca da separação entre jornalismo e informação curiosa; privacidade e vida pública; e entre Justiça democrática e Justiça particular. No caso exposto, não há interesse público coletivo, não se trata de revelação importante para a sociedade. Trata-se de informação curiosa, […]


Um livro acende a luz

  WikiMediaLeaks. O livro de Martín Becerra e Sebastián Lacunza preenche um espaço que a mídia – e o próprio jornalismo investigativo –, pelos vínculos e limites das empresas com anunciantes, fontes, acionistas, governos e poderes políticos e econômicos, limita em relação à autonomia profissional. Ou, então, não permite liberdade de aprofundamento. Um WikiLeaks para […]


Investigando empresas jornalísticas

  As promíscuas relações entre a revista Veja e Carlinhos Cachoeira e Demóstenes Torres foram tratadas, entre poucos veículos de comunicação, pela revista Carta Capital, edição de 9 de maio de 2012. Na capa, a chamada “Veja & Cachoeira, jornalismo a pique”. Em qualquer investigação de jornalistas sobre o jornalismo, sobretudo quando a investigação recai […]


Academia e profissão se encontram em evento binacional

  A investigação jornalística e a pesquisa acadêmica na área se encontram no auditório da Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (17-18/4), durante o 2º Seminário Brasil-Argentina de Pesquisa e Investigação em Jornalismo (Bapijor). Pesquisadores e jornalistas que atuam diariamente na mídia discutirão a relação entre a política, a técnica e a ética, incluindo […]


RSF, CIA e os rankings encomendados

  O jornalismo é o “campeão mundial da transparência pública”. Da transparência pública dos outros. Na base, está seu papel de alimentar a vitalidade democrática, que nos últimos 200 anos exigiu dos profissionais, ainda que a muito custo, a defesa, manutenção e consolidação de valores indispensáveis à controvérsia pública: a fidedignidade aos fatos, a acurácia, […]


Redes midiáticas e a democracia

O que leva a coberturas tão díspares o jornalismo da TV Globo, canal aberto, e o da Globo News, canal pago? Aparentemente, a rentabilidade econômica, a amplitude do público e a necessidade de atender o maior número possível de registro de fatos com versões simplificadas da realidade. Isto traz conseqüências na forma de abordagem de […]


A tolerância, três séculos depois

Para alguns comentários sobre o cenário de violência e criminalidade que a mídia e, dentro dela, o jornalismo, constata a cada dia, recorremos a John Locke (1632-1704), que em 1689, ao escrever sua famosa Carta sobre a tolerância, observava que: ‘O Estado é uma sociedade de homens constituída unicamente com o fim de conservar e […]


Convencer, comover, deleitar

Quando aparecem algumas surpresas relacionadas à sobreposição informação-entretenimento, marca registrada de parte do jornalismo atual, alguns comentários são sugeridos.Sempre houve, de alguma forma, mistura de assuntos sérios com amenidades. Ou de conteúdos relevantes (vinculados a partir do século 18 ao nascente espaço público moderno e posteriormente ao chamado interesse público) e conteúdos curiosos, insólitos, ‘interessantes’… […]


Tiririca, palhaçada e preconceito

A eleição do palhaço Tiririca (Francisco Everardo Oliveira Silva) em 2010 como deputado federal por São Paulo, com mais de um milhão e 300 mil votos (a segunda maior votação da história daquela Casa), gerou ‘constatações’ como a de que ‘estamos perdidos’ e a de que o ‘parlamento chegou ao fundo do poço’. Ou ainda […]


Sociedade, empresas e valores profissionais

No auge de uma sociedade pós-industrial e na chamada era da sociedade da informação e do conhecimento, a mediação do Estado e a representação do indivíduo, diante do crescente campo dos valores tidos como universais mas representativos de grandes ou pequenas ‘teologias’, de segmentos, de grupos e de indivíduos, precisam encontrar, no campo ético, uma […]


Segredos, transparência e informação

Neste início de ano, o advogado Joanisval Brito Gonçalves (consultor legislativo do Senado para a área de Relações Exteriores e Defesa Nacional e para a Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência do Congresso, além de ex-analista de informações da Abin – Agência Brasileira de Inteligência), lançou, pela editora Impetus, o livro Políticos e […]


Regulação da mídia, democracia e jornalismo

Na semana passada, dois seminários chamaram a atenção para o presente e futuro da midia: o MediaOn (São Paulo) e o que tratou de regulação da mídia (Brasília). Entre o final do ano e início do próximo, pelo menos três eventos chamam a atenção nacional e internacional: o Congresso Panamericano de Comunicação, em dezembro (Brasília); […]