Saturday, 25 de May de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1289

Artigos de Marcelo Feitoza

Jornalista não é juiz, mas há juízes em vigília

Há anos, algumas agremiações partidárias cometem verdadeiros estelionatos eleitorais no Brasil. Durante as campanhas em busca de votos, vendem como produtos ética e retidão. Após os pleitos, entregam à população corrupção, lavagem de dinheiro, desvio de recursos públicos. Às vezes, com um agravante: a justificativa de que os atos foram praticados na busca pelo bem-estar […]


Sobrou superficialidade, faltou jornalismo

Se notícia remete a novidade, a entrevista concedida na noite do último domingo (15/7) pela ex-primeira dama Rosane Collor ao Fantástico, da TV Globo, foi uma fantástica peça de publicidade, considerando que reiteradas vezes foi citado o livro que está sendo escrito pela entrevistada. Não há novidade em nada do que foi dito pela ex-mulher […]


A qualidade da educação oferecida aos cidadãos

Todo meio de comunicação manipula. O que os diferencia ou iguala são as ideias que defendem segundo o nosso ponto de vista. Subjetivamente, de acordo com determinado conjunto de valores, é possível dividir a manipulação em positiva ou negativa. Resumidamente: positiva, ao transmitir informação correta, ao prestar um serviço à sociedade; negativa, quando vende como […]


Uma crítica direcionada à crítica

Não se pode analisar o desempenho de estreia de um programa de televisão nos dias atuais com as regras de antigamente. O modelo de negócios das radiodifusoras de som e imagem sofreu forte impacto com o avanço da tecnologia, desde a produção à recepção pelo público. Além disso, hoje é robusta a competitividade dentro do […]


Textos de opinião também trabalham com fatos

O texto opinativo dá ao autor, jornalista ou não, a liberdade de manifestar os seus pontos de vista e até mesmo de dar vazão às premissas ideológicas que orientam o seu pensamento. Respeitados os fatos, isso é louvável. Em um espaço de opinião, cabe ao autor, ao analisar e aprofundar o noticiário, expressar exatamente o […]


A importância da independência do repórter

Os avanços alcançados nas tecnologias da informação abriram um leque extraordinário de ferramentas e oportunidades para que os cidadãos se agrupem em torno da defesa de ideias que causam impacto na sociedade em geral – o que é, para dizer o mínimo, legítimo. Ferramentas como o Facebook ou o Twitter não formam uma revolução espontânea […]


O papel do jornalista é informar

Assiste aos jornalistas a obrigação de informar a população, dando-lhe meios de exercer a cidadania. Salvo melhor juízo, isso não pode se confundir, jamais, com militância política. Logo, o que dizem as autoridades é, sim, uma informação relevante a ser levada às pessoas. Se a análise dessa informação pressionará ou não uma autoridade ou qualquer […]


Assunto para acompanhamento permanente

O município de Teresópolis, na região serrana do estado do Rio de Janeiro, sofre novamente com tragédias causadas por fortes chuvas. O advérbio novamente é a base da crítica que faço aqui à cobertura jornalística brasileira em acontecimentos que geram grande repercussão, como as chuvas em Teresópolis. Antes de prosseguir, um esclarecimento. Agir como policial, […]


É avanço, e não retrocesso

Na quarta-feira (28/3), foi instalada na Câmara dos Deputados uma comissão especial de parlamentares para analisar e aprofundar as discussões sobre o projeto de lei 2126/2011, de iniciativa do Poder Executivo, que cria o Marco Civil da Internet Brasileira. Em fóruns espalhados pela grande rede é comum aparecerem distorções sobre o real objetivo do marco […]


Uma reflexão sobre o telejornalismo

Editores, chefes de redação e diretores de jornalismo, munidos de pesquisas de opinião e do sentimento de meia dúzia de profissionais de dentro da redação, com certa frequência têm vindo a público declarar que a crescente união do jornalismo ao entretenimento decorre do desejo do público por uma informação mais informal. O público seria, então, […]