Monday, 26 de February de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1276

Artigos de Márcio Fernandes

Escolhe direito, rapaz !

Não raro e o sujeito que mal entrou no banco escolar de um curso de Jornalismo acaba de desistir. Simplesmente larga a universidade. Não avisa, não abre a vaga para outro, não nada. A faculdade é que era ruim, avisa em casa. Dos 30 dias em que esteve na universidade, faltou em meia dúzia, chegou […]


Como será teu futuro, aluno?

Por estes tempos de transformações quase inacreditáveis em Comunicação, tanto de tecnologias como de narrativas, deve ser tarefa constante dos alunos de Jornalismo a reflexão sobre a própria condição e, em especial, quanto ao que os aguarda tão logo o diploma esteja na mão. E, claro, docentes da área precisam estimular isso, levando para o […]


Dois dicionários fundamentais

Em um momento no qual o alunado de Comunicação chega aos bancos escolares com níveis baixíssimos de cultura geral – para horror dos professores –, dois livros bastante didáticos começam a chegar às mãos de graduandos e graduados na área pelo Brasil. E, nos dois casos, a expressão ‘bastante didáticos’ não tem nada de pejorativo, […]


Empreender, o drama da profissão

Se há um drama que não tem desenlace feliz nos cursos de Jornalismo Brasil afora é o do empreendedorismo. Bons ou ruins, conceito alto ou não no Sinaes, os cursos da área simplesmente continuam, em sua maioria, a formar empregados. Vícios de origem (grades curriculares mal elaboradas), professores despreparados (algo comum de Norte a Sul) […]


A hora do Conselho Federal de Jornalismo

O acalorado debate envolvendo o jornalista da TV Globo Franklin Martins e o colunista da revista Veja Diogo Mainardi bem que poderia servir para a retomada dos debates, em âmbito mais amplo, sobre a criação do Conselho Federal de Jornalismo. O presente artigo não trata de defender ou criticar Martins ou Mainardi. Nas últimas duas […]


O Big Brother e as alunas-misses

Não terá o leitor, neste artigo, críticas individuais ao jornalista global Pedro Bial, ao programa Big Brother Brasil (BBB), às novelas também globais, ao escritor Mário Prata ou às alunas-misses que, ano após ano, invadem os cursos de Jornalismo país afora. Terá o leitor, então, ilações que permeiam esses itens. Felizmente, vivemos em uma nação […]


Imprensa e o apfelstrudel do papa

Houve um tempo em que, neste país, comprava-se a Veja para se ler uma bombástica entrevista que iria incitar a queda de um presidente da República. Pode parecer mero saudosismo, mas estamos no início dos anos 1990 e, sim, Pedro Collor estava contando tudo na Veja sobre seu irmão Fernando. Não era pouca coisa o […]


Jornalismo, peixes e cartões telefônicos

Houve um tempo não muito distante no qual muita gente acreditava que jornal impresso somente servia para embrulhar peixe em feira. Quando eu era criança, no começo dos anos 1980, descobri que dava para embalar qualquer tipo de carne, como faziam os antigos açougues. Muitos anos transcorreram, ocorreu uma explosão de títulos no Brasil, a […]


…e a circularidade da imprensa

É, de fato, bastante interessante notar o papel da imprensa no sentido de fazer valer com freqüência o ditado de que ‘o mundo dá voltas’. Pois uma dessas voltas acaba de ser completada, envolvendo a filial brasileira do Balé Bolshoi, em Joinville, no Norte de Santa Catarina. No final de novembro, a TV Globo, por […]


Os jornais e suas capas previsíveis

Se por vocação ou por interesse desenvolvido ao longo do tempo, o fato é que o design de imprensa, capas de jornais em especial, fascina-me muito. Lá se vão quase 10 que, numa tarde qualquer, um ex-professor da época da faculdade, Jorge Castegnaro, mudou em parte os planos que tinha para minha carreira. Entrou o […]