Sunday, 16 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Artigos de Mario Sergio Conti

Biografia de biografias

“Todo grande homem tem hoje discípulos, e é sempre Judas que escreve a sua biografia”, escreveu Oscar Wilde em “O crítico como artista”. O escritor parecia que falava dessa quizumba que foi parar no Supremo: “Antes canonizávamos os nossos heróis. O método moderno é vulgarizá-los. Edições baratas de grandes livros podem ser encantadoras, mas edições […]


Conformismo e coonestação

A desimportância da Academia Brasileira de Letras emudeceria até Lobão. Ninguém liga para ela, exceto os 40 autoproclamados imortais. Que eles desfrutem em sossego do privilégio de se fantasiarem de fardão pela eternidade afora. A Academia é um clube cujos sócios, em graus variados de senectude, se reúnem para tomar chá e trocar dous dedos […]


Dinâmica da desigualdade

“O Capital no Século 21”, cuja tradução para o português finalmente chega às livrarias, é o grande lançamento deste e, talvez, de muitos anos. O francês Thomas Piketty elege um problema urgente, a desigualdade, e o esmiúça cientificamente. Ilumina a treva ideológica que o encobre, situa-o na história e o expõe em todo o seu […]


O bom editor morre mal

O Observer publicou no final do mês passado uma resenha do último livro de Hugo Williams, o poeta inglês, que termina assim: “É um prazer falar bem do trabalho de Hugo: a sensação vem do tempo em que alguns sentiam a necessidade de palavras gentis e de proteção. Hugo é hoje mais uma glória nacional […]


Figuras da estética eleitoral

A campanha eleitoral estreou na televisão com dois recursos narrativos dominantes, a câmera lenta e a metalinguagem. Tanto o programa de Dilma Rousseff quanto o de Aécio Neves estamparam inúmeras cenas com os candidatos em slow motion, cercados por admiradores e aduladores. Com sorrisos beatíficos e gestos ternos, eles afagam crianças, acenam, retribuem beijos e […]


Golaço na Copa da Corrupa

Com a incriminação de Nicolas Sarkozy, a França estufou o véu da noiva na Copa da Corrupção. Investigado num cipoal de casos rocambolescos, o marrento ex-presidente vem dando um banho nos adversários, apesar da baixa estatura. É acusado de receber € 50 milhões de Muamar Kadafi na campanha eleitoral, e anos depois ter se apressado […]


Copa da língua barroca

A Babel diminuiu. A Copa entra na segunda fase sob a égide do espanhol, o idioma mais falado entre as seleções que passaram para as oitavas de final. O campeonato da Fifa é o maior evento planetário no qual o inglês não é a língua dominante. O idioma em que Donne disse que nenhum homem […]


Gol no mundo sem gozo

No jogo da tarde desta quinta-feira (12/06) poderá se aquilatar a quantas anda a tecnologia dos espetáculos mundializados. O Oscar e o Super Bowl, de raízes nacionais por demais marcantes, não são ainda páreo para a Copa. E o número de câmeras, a variedade dos cortes, o som dos chutes, os closes e as panorâmicas, […]


Crises do narrador da Copa

Faça o teste e tire o som de um jogo da Copa. A partida melhora. O difícil é se acostumar ao silêncio. Parece que falta algo, não se sabe o que. A ausência do narrador faz com que apareça você mesmo: a sua solidão, o seu vazio, a sua crispação diante do jogo. O narrador […]


Estado de exceção permanente

O governador bem que se esforçou em dar credibilidade à alquebrada coreografia da pacificação. Com a fisionomia contrita, ele disse no domingo passado que a entrada da polícia no Complexo da Maré era “um dia histórico”. Oficiais contraíram a pança e hastearam o auriverde pendão em cima de barracos. Soldados com sorriso fotogênico posaram com […]


O ‘hacker’ e o fantasma

O espião era um profissional da bisbilhotice. Sua matéria-prima eram cabeludíssimos segredos de Estado, intimidades abomináveis que proporcionavam chantagens, desígnios venais de comunistas macilentos. Como não há tensão que dure para sempre, a espionagem perdeu-se nas brumas da Guerra Fria. A auréola de mistério que a encimava teve um apagão quando a Cortina de Ferro […]


Ditadura reloaded

O cinquentenário do golpe, daqui a um mês e pouco, não enseja comemoração, muito menos contrição. Os nostálgicos da patriótica coronhada ficam vexados em festejar em alto e bom som o terror imposto pela ditadura. Já os legatários dos caídos em 1964 não têm sequer uma data para celebrar. Exaltar o dia da anistia, tramoia […]


De Mao a Rothschild

A maior façanha do jornal francês Libération é ser publicado. De crise em crise, o noticiário pífio, os tristes títulos com trocadilhos e as batalhas internas geraram um turbilhão perpétuo de asneiras. Ninguém, no gozo de faculdades mentais apenas razoáveis, cogitaria saber pelo Libé o que se passa, digamos, na Ucrânia. Ou mesmo em Nice. […]


Celebridade cordial

Políticos, roqueiros, aristocratas, atrizes, atletas, religiosos e potentados de todos os cantos se congraçaram em Johannesburgo. A satisfação deles por estarem lá era tamanha (Obama até tirou um selfie) que a beatificação de Nelson Mandela ficou em segundo plano. Comemoravam a conciliação, como não cansaram de repetir. Festejavam também o triunfo das imagens sobre a […]


Verdade Vargas

Vasco Leitão da Cunha era ministro da Justiça no começo de julho de 1942. Desde o início do ano, submarinos alemães vinham torpedeando navios brasileiros no Atlântico Norte. A União Nacional dos Estudantes, criada para dar sustentação ao Estado Novo, convocou uma passeata no Centro do Rio para protestar contra o nazismo. O chefe da […]


Máscaras em série

Pode procurar; não há mais ponto e vírgula. Ele sumiu, como as reticências, fila jururu de três pontinhos que prolongavam uma impressão ambígua e induziam a leitora a concluí-la, ainda que o escritor soubesse muito bem aonde queria levá-la… Desapareceu junto com o ponto de exclamação, dedo em riste ameaçador que ninguém mais aponta! O […]


Princípios do colunismo

Abrir os trabalhos com uma declaração de princípios que desqualifique o colunismo. Praticar em seguida o método habitual do gênero, o idiossincrático. Só escrever o que realmente pensa acerca de assuntos irrelevantes. Eventuais acertos devem ser compensados por uma redação horrível. Ser desenraizado, volúvel, borboletear em torno do secundário, mas manter o bom rumo, o […]


Os erros de ‘Dirceu’

A piauí de agosto traz uma resenha com 30 erros factuais de Dirceu, de Otávio Cabral. O editor do livro, Carlos Andreazza, não os contestou em seu artigo na Folha (23/8). Mas escreveu que o “levantamento espantoso” é “um inventário ressentido de miudezas”. Espantosos são os absurdos da biografia, e não o seu recenseamento. Inexiste […]


Escândalos da República 1.2

Posfácio à nova edição de Notícias do Planalto mostra onde foram parar os jornalistas que cobriram o impeachment de Collor e o que aconteceu com a imprensa desde então Os jovens repórteres que expuseram o governo de Fernando Collor não apuram mais notícias do Planalto. Cada qual teve razões particulares para isso. Vontade de fazer algo […]


Presidente com azia da imprensa

Alvo de críticas diárias da imprensa, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva admitiu, em entrevista veiculada na edição de janeiro da revista piauí, que sua relação com jornalistas não é das melhores. Na entrevista, o presidente afirmou que a imprensa lhe faz mal ao fígado, mas reconheceu que a liberdade dos meios de comunicação […]