Thursday, 20 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Artigos de Nilson Lage

O lead de Aristóteles

De tempos em tempos, há mais de meio século, aparece um “reformador do jornalismo” querendo “acabar com o lead”, isto é, com a estrutura de textos que manda, no início das notícias, responder às questões “quem, o que, como, onde, quando”. Atribuem essa lista de perguntas a Harold Laswell, autor da década de 1920. Não […]


Internet: concorrente ou abrangente ao jornalismo impresso?

Pedem-me para comparar o impacto da Internet, atualmente, com o da televisão (e, acrescento, do rádio), em outros tempos, no jornalismo impresso. A resposta implica diferençar mídias complementares de mídias concorrentes e mídias abrangentes. Rádio e jornal são mídias complementares. A informação escrita permite remissão, recuperação e interrupção temporária da mensagem, admite a distração momentânea […]


Na Redação da ‘Última Hora’

Na tarde de primeiro de abril de 1964, passei pela sede de Última Hora, na Rua Sotero dos Reis, perto da Praça da Bandeira, onde hoje, parece, funciona a zona do meretrício. Tinha ficado até a madrugada na Redação e voltava, já ciente de que o golpe fora dado. O prédio estava fechado e um […]


Jornais, jornalismo, profecias

O Seattle Post-Intelligencer, fundado em 1863 – ‘o mais antigo do estado de Washington’ –, foi o primeiro grande jornal a desistir, em 17 de março último, da edição em papel, transferindo-se com textos, fotos e vídeos para


Guarde seus dados no banco

Tem-se falado – principalmente a partir do premiado portal de Fernando Rodrigues – em bancos de dados relacionando-os com o controle público dos órgãos do Estado, a partir da disposição do Império (Banco Mundial, FMI etc.) de perseguir os corruptos, aos quais atribui parte significativa da pobreza dos países do Terceiro Mundo (e só deles […]


Jornalismo é atividade intelectual

Gostaria de agradecer a vocês pela lembrança que tiveram de me conceder honoris causa a filiação a essa entidade que desejamos tenha longa e proveitosa vida.Em novembro do ano que vem completo 70 anos e, se não mudarem até lá a Constituição Federal – que no Brasil muda a cada estação do ano – , […]


Contra o remanso ideológico

Este livro foi escrito com a intenção de abordar de forma não rotineira as técnicas do jornalismo, a partir da primeira delas – a produção de textos. A finalidade é fugir do remanso ideológico em que estão confinados geralmente os estudos de nossa profissão, que alguns endeusam como sacerdócio essencial à democracia e outros reduzem […]


Comunicólogos tramam extinguir a formação graduada dos jornalistas

Reunidos em Salvador (BA), os representantes dos cursos de pós-graduação em comunicação aprovaram, com 18 votos, uma abstenção e uma ausência, projeto que praticamente suprime o estudo do jornalismo no Brasil, no quadro da projetada reforma universitária. O assunto voltará a ser discutido em junho e outubro pelo segmento reunido na


Que futuro há para os jornais impressos?

(conclusão)Comentaristas e palpiteirosConservadores ou liberais, os empresários que comandam os grandes jornais brasileiros partilharam alguns traços interessantes. Todos apoiaram a livre empresa, o Estado mínimo e as demais fantasias do discurso neoliberal associado à democratização da década de 1980. Tornaram, assim, objeto de fé o discurso que seus veículos foram levados a veicular. Decorreram dessa […]


O jornalismo conveniente

Por que o desconto previdenciário dos servidores públicos aposentados causou tanta alegra ao Sr. Mercado? Certamente não pelas centenas de milhões anuais de economia nas contas públicas, a maior parte em estados e municípios. São apenas trocados, a essa altura dos acontecimentos.A razão é outra: no entendimento dos observadores mais lúcidos, quebrou-se uma cláusula pétrea […]


Que não seja por falta de conselho

Não prestei muita atenção nos comentários sobre o projeto do Conselho Federal de Jornalismo. A reação dos personagens envolvidos era, geralmente, previsível. Mas houve também erros de informação contextual – imaginar, por exemplo, que um projeto como esse, planejado há 15 anos, brotou de denúncias envolvendo este ou aquele político; ou, como aconteceu com o presidente […]


A ousadia dos colunistas

Arrogância vem do latim arrogantia, substantivo derivado do particípio presente do verbo arrogare, que significa ‘apropriar-se’, ‘tomar para si’. A raiz arrogante-, no nominativo latino arrogans, genitivo arrogantis, designa ‘aquele que se apropria’. A palavra entrou por via culta – isto é, foi aportuguesada, ao mesmo tempo afrancesada e, daí, anglicizada – no século 16. […]


Como manobrar uma imprensa que não pensa

O texto que se segue parece ter pouco que ver com a crítica do jornalismo. Mas é só aparência. A partir de um caso específico, que por acaso conheço, procuro mostrar como uma imprensa pouco informada pode ser útil para o fim que se queira e como esse tipo de manobra (a) não nasce nas […]


O estranho direito de ofender pessoas

Sei que vou na contramão, mas acho que os coleguinhas ou não estão vendo chifre na cabeça do touro ou não leram com atenção a matéria do New York Times sobre o suposto alcoolismo do presidente do Brasil. Entre outras bobagens, há uma frase lá que, se não justifica, pelo menos explica a reação indignada […]


O castelo das cinco horas

Esta é uma história típica de como as instituições são incapazes de se adaptar à realidade e, presas às formas, renegam conteúdos. Dirigia em caráter interino o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia – IBICT (e ainda dirijo, embora, cumprida minha missão, espere do ministro de Estado que me exonere, já que o […]


Para ir mais longe no estudo do Jornalismo

Esse texto, essencialmente acadêmico, reúne comentários que fiz ao projeto de tese de doutoramento ‘Crime organizado e mercados financeiros: um estudo a partir das teorias do caos, dos jogos, da informação e das sociedades artificiais’, do jornalista Samuel Pantoja Lima, apresentando no Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção da UFSC (em futuro próximo, desdobrado […]