Thursday, 25 de April de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1284

Artigos de Rudson Vieira

O espelho de nossa vanguarda

A contínua renovação das plataformas de comunicação não significa evolução humana e dos processos de produção de conteúdo, interpretação e desdobramentos possíveis. A tão proclamada vanguarda sucumbe não ao ineditismo e novos padrões de percepção, mas à consolidação de paradigmas. Na verdade, submetidas ao tempo de uso, as plataformas refletem a estagnação dos usuários em […]


Novas (?) narrativas jornalísticas

Não sei se nova é a narrativa, a linguagem jornalística, o olhar, ou ainda assim o tempo. Antes, o ideal era a câmera não tremer e as frases serem bem concatenadas. Agora tentam vender realidade viva. Algo que pulsa incontrolavelmente. Tanta espontaneidade que chega a parecer um espetáculo de dança contemporânea. O imprevisível é parte […]


Disseminar e verificar

A verdade que nos aflige não cabe na narrativa de um fato. As minúcias de uma apuração, que podem determinar o rumo das interpretações subsequentes, não estão evidentes nas curtas linhas. Menos ainda nas fotos e respectivas legendas. Quando os textos trazem declarações de autoridades então, o pandemônio dos dados é assustador. Seja em cenários […]


Jornalismo puro sangue (?)

Somos preciosistas ou conceituais demais. O jornalismo puro sangue, assim como o ser humano puro sangue, é figura de um folclore de um tempo sem parâmetros de referência, onde tudo o que surgia, rompia paradigmas e se estabelecia como o novo, a referência. O “sangue” do jornalismo funciona como um rio rumo ao mar. No […]


Coleiras da liberdade

Soluções que proporcionem segurança, facilidade, agilidade, comodidade: recorrentes promessas das tecnologias, das mídias, das novas propostas de amor. Aplicativos que já sugerem o que você pretende digitar e corrigem intuitivamente suas digitações emocionadamente erradas; aplicativos que sugerem legendas para fotos (a Google lançou um recentemente) que compreendem sua expressão de busca antes de você finalizá-la […]


A pauta usurpada

No domingo (27/7), o Estado de Minas deu início a uma série de matérias a respeito de um ícone da boemia e do imaginário mineiro: Hilda Furacão. A pauta, muito bem trabalhada pelo jornal mineiro (sempre criativo em pautas, composição gráfica etc.) foi tragicamente usurpada pela Folha de S.Paulo, que publicou a matéria no site, […]


Notas ao vento

Em tempos de crises recorrentes, a nota é o novo porta-voz das empresas e personalidades. Este fato, secular, revelaria a insegurança da fonte ante o repórter, que muitas vezes suprime informações ou edita posicionamento com interpretação equivocada, ou a fuga da fonte de um questionamento específico, a respeito de algo sobre o que ela não […]


Pautas conjuntas

Lidar com o ego é o recorrente desafio social. Setores não se habilitam ao diálogo, mas à alternância de poder. As assessorias de imprensa precisam de reflexão e renovação constante. As redações (cada vez mais enxutas) precisam compreender o modus operandi da construção conjunta de uma pauta. O conceito de diálogo é equivocadamente confundido com […]


Quem paga a conta

Utilidade pública é recorrente nos perfis de veículos de comunicação nas redes sociais digitais. Rádios e jornais (vide CBN e O Tempo) disponibilizam informações atualizadas sobre diversos aspectos urbanos, dentre eles o da mobilidade. É interessante como a paisagem é a mesma, com apenas tons variados. Carros sempre parados. Ainda assim há atropelamentos. Metrô lotado […]


O ‘dar conta’ é o novo mito, acima da objetividade

O que te globaliza te identifica? Sem a interrogação ou com uma resposta completa? Que cenário você integra diante da desconstrução do indivíduo dentro da fôrma do ser social? Sua fé, seu modo de interpretar os fatos, a maneira como você opera o egoísmo, o sistema de relevância e a metáfora do copo d’água. Beba! […]


Jornalismo vaselina

Antes de compreender a funcionalidade de cada lado do balcão, é importante reconhecer que ele é móvel e frágil. O dia de amanhã sempre será uma projeção. Cautela e profissionalismo são premissas para relações de trabalho e garantir sustentabilidade ao fluxo de informações. Agilidade e precisão são premissas para o trabalho de um jornalista (seja […]


Leminescata midiática

O público consome informação com uma nova dinâmica. A plateia mudou. Agora ouve o interlocutor, publica em rede social digital, atualiza-se de outras notícias, ouve podcast e ainda opina junto ao interlocutor. Seja na sala de casa, na rua, em reunião com amigos e até mesmo em palestras, audiências e aulas. Outro dia, no fórum, […]


Balcão de vidro

Afora as exceções, enquanto repórteres lerem pouco, assessores escreverão as matérias. É tão bom quando o diálogo acontece, é produtivo e enriquecedor para o leitor ou espectador. Todavia, quando o repórter desconhece por completo o assunto e nem ao menos faz rápida pesquisa antes de dialogar com a fonte, o que se vê é o […]


Sociedade infográfica

“Considerando todas as manifestações humanas, o silêncio continua sendo a que, de maneira muito pura, melhor exprime a estrutura densa e compacta, sem ruído nem palavras, de nossa sabedoria” (Ézio F. Bazzo) Um costume antigo visto por professores como desvio e considerado por estudantes como estratégia rasa de sucesso, tem sido verificado no padrão atual […]


Mediação maturada?

Maturada pela história, a mediação instaura o processo de eterno retorno. Retorno à inocência, à infância, era de sonhos, mimos e desatinos, anseios, equívocos, empolgação, especulação e reclamações ao ermo. Retorno à compreensão, quando as mensagens faziam sentido num baile doentio com a confusão. As narrativas instigavam e explicavam, ao invés de frustrarem e confundirem. […]


Produção de sentido vs. ideologia

Interação. A expertise do jornalista em verter a multiplicidade em texto é fundamental para manter o fôlego dos veículos de comunicação. Além de apresentar um projeto gráfico moderno e cativante (nas últimas semanas o jornal Hoje em Dia, de Belo Horizonte, MG, mudou o formato em busca de consolidar leitores e conquistar público), jornais e […]


Atirei um limão n’água

Multiplicidade. Somos invariavelmente os mesmos? Continuo a frequentar as bancas, insisto em atirar limões na água e observar os seus efeitos. Entre os ombros dos mais afoitos, as pautas e ruas revelam tanto desejo que as horas são poucas e os dias cada vez mais necessários. Um país com significativa preocupação com temas ambientais e […]


O valor das marcas

O desejo de ser referência para a opinião pública está mais atrelado a uma busca por lucro e controle de mercado do que à prestação de serviço à vida. Diante das mudanças bruscas das últimas décadas, o poder e valor das marcas já não pode ser trabalhado como um anúncio, uma placa, um nome gritado […]


Pautas doces

Basta passar os olhos na seção ano 1 nº 1 da revista Imprensa para perceber o quanto são criados novos veículos de comunicação; fenômeno interessante, já que as pessoas falam tanto no colapso dos impressos e maior utilização dos eletrônicos. Muitos desses veículos raramente ultrapassam a marca dos cinco anos de circulação. Porém, existem aqueles […]


Terminologia da prática

A comunicação (corporativa ou não) insistentemente está atrelada a conceitos que se tornaram palavra de ordem: engajamento, alinhamento, ações coordenadas e integradas. Entretanto, como os conceitos podem ser verificados nas ações postas no dia a dia? Dentre a papelaria e as ideologias que não cabem nos bits, os comunicadores com síndrome de Pink e Cérebro […]