Monday, 20 de May de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1288

Lavagem

O governo do Estado do Rio nunca terá o número de policiais militares necessário para afugentar as legiões de traficantes e de milicianos que não estão nem no Alemão, nem na Rocinha.

Se trabalhasse competentemente para solapar as bases financeiras das diferentes modalidades de crime organizado, iria mais longe.

Em agosto de 2010, a polícia anunciou com estardalhaço a inauguração de um laboratório dotado de alta tecnologia para investigar lavagem de dinheiro.

Até onde se sabe, ou não investigou nada, ou guardou o resultado das investigações para momento propício. Propício, na linguagem política, quer dizer midiaticamente oportuno.

Seja como for, a exibição de força prevalece sobre a exibilção de inteligência.