Tuesday, 28 de May de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1289

Escravo da audiência

O apresentador José Luiz Datena foi o entrevistado do Roda Viva, da TV Cultura, de segunda-feira (21/11). Datena começou na defensiva, repassando responsabilidades, quando Alberto Dines lhe perguntou sobre a morte do cinegrafista Gelson Domingos a serviço do programa Brasil Urgente, da TV Bandeirantes. Depois, ficou mais à vontade.

O programa teve muito dinamismo (veja a íntegra no site da TV Cultura). O entrevistado exibiu plenamente seu estilo desabrido, pontuado por grosserias, e os entrevistadores no estúdio fizeram perguntas incômodas.

Datena relatou sua antiga obsessão com os índices de audiência, que o levou a se tornar um expert em pontuação do Ibope, cujas pesquisas lhe parecem falhas. Admitiu que a falta de estrutura do Brasil Urgente, da TV Bandeirantes, está na raiz de seu falatório frenético e da repetição infindável de cenas.

Disse que saiu da Record porque a emissora não lhe deu os meios esperados e tentou cercear sua liberdade de expressão. Registrou que o sensacionalismo policialesco se faz presente também no Jornal Nacional, da Rede Globo.

A entrevista de Datena contém muito material para indagação e reflexão. Mostra um revigoramento do programa mais prestigioso da TV Cultura.