Friday, 14 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Agenda negligenciada

Em coluna no Valor de hoje, o jornalista Sergio Leo antecipa o lançamento de um livro do Ipea, Brasil: O Estado de uma Nação, que mostra fragilidades crônicas da economia brasileira. Na abertura do livro, o economista Régis Bonelli defende a tese de que a crise não deve levar ao abandono das regras que favorecem a estabilidade, mas a sua defesa ainda mais firme e à realização de reformas de “segunda geração”, de que o país ainda está carente.
Por mais que a crise do “mensalão” seja grave e relevante, o rumo geral do país é mais estratégico do que as peripécias do PT no governo. A mídia não pode abandonar a chamada agenda das reformas.