Friday, 14 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Dedo-duro eletrônico

A organização Repórteres sem Fronteiras formalizou acusação ao Yahoo! por entregar um dissidente, Li Zhi, às autoridades chinesas, informa o Estadão. Zhi foi preso em 2003 e condenado a oito anos. Em setembro, a Repórteres sem Fronteiras denunciou que o Yahoo! Ajudou as autoridades chinesas a identificar o jornalista Shi Tao.


O Google chinês lançou na China, em janeiro, um buscador que censura temas vetados pelo Partido Comunista chinês.