Saturday, 25 de May de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1289

Morales entre dois fogos

Apesar do apetite de certos setores da mídia por notícias que destaquem perigo vermelho, os primeiros passos do presidente eleito da Bolívia, Evo Morales, estão dentro de uma racionalidade política preciosa para que ele enfrente os desafios à frente.


Nos jornais de hoje, Morales rejeita pressão de movimentos sociais bolivianos por cargos no governo. É um filme que passou no Brasil há três anos, com resultados terríveis para o PT e para a máquina estatal.


O líder boliviano anunciou que vai manter processo de licitação para exploração de ferro, porque o país precisa de investimentos. E ganhou do FMI a boa notícia do perdão de uma dívida de 230 milhões de dólares.