Saturday, 15 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

O PIB das cidades

Funcionou a contento, na semana passada, o esquema montado pelo IBGE para divulgar os dados de 1999 a 2003 do PIB dos municípios. Os quatro grandes jornais brasileiros que saem todos os dias (o que exclui o Valor e a Gazeta Mercantil) deram com riqueza de abordagens e numa perspectiva realista, ontem (19/11), as informações sobre o crescimento da economia das cidades ditas do interior. O mesmo vale para a TV Globo e a TV Cultura. O Globo valorizou o assunto na manchete: “Interior já responde por metade do PIB brasileiro – Avanço do petróleo e da agroindústria reduz peso econômico das capitais”.


A reportagem do Jornal do Brasil foi a única que optou pela visão crítica: “Riqueza para poucos municípios – Aumento da participação das cidades menores no PIB se restringe aos produtores de petróleo e do agronegócio”. Uma opção respeitável. Se a desconcentração é em si mesma um avanço, é preocupante o fato de que ela reproduz desigualdades. Mas os outros jornais registraram claramente os senões do processo.


Quem se der o trabalho de ler as reportagens publicadas nesses dois e também no Estado de S. Paulo e na Folha terá informações de muitos ângulos e de muitas fontes. E terão boa colheita os pauteiros dos veículos de comunicação que se dedicarem a garimpar temas para aprofundamento.